Após adiamento de votação, Abel diz que continuará lutando contra o preconceito e o racismo


Foi adiada na sessão ordinária da última segunda-feira (24), por mais 15 sessões, a votação do projeto de Lei 29/2020, de autoria do vereador Abel Fiel, que institui feriado municipal no dia 20 de novembro em comemoração ao Dia da Consciência Negra.

O requerimento para adiamento, de autoria do vereador Edvaldo Lúcio Abel "Vadinho", provocou manifestação na tribuna do vereador Abel. Lamentando a atitude do colega, Abel destacou que não desistirá da luta contra o racismo. "Fazendo uma conta rápida esta votação será após as eleições municipais. Então, eu entendo que houve uma manobra do vereador Vadinho para que não seja apreciado nesta noite. Eu sabia que não seria fácil mas nós vamos continuar lutando, defendendo a minoria e os menos favorecidos com toda a garra, contra o preconceito, a discriminação e o racismo".

O Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro em todo o território nacional. A data faz referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo de Palmares, que lutou para preservar o modo de vida dos africanos escravizados que conseguiam fugir da escravidão.

A importância da data está no reconhecimento dos descendentes africanos na constituição e na construção da sociedade brasileira. Os principais temas que podem ser abordados nessa data são o racismo, a discriminação, a igualdade social, a inclusão do negro na sociedade, a religião e cultura afro-brasileiras, dentre outros.