Dr. Adelino faz um apelo aos ourinhenses

Promotor realizou o pedido através de seu perfil no facebook

No último Boletim Epidemiológico, divulgado pela Prefeitura na quarta-feira (24), Ourinhos contabilizou 384 casos de pessoas infectadas pelo Covid-19, sendo que 220 estão em monitoramento, 160 curados, 46 internados e 4 pessoas perderam a vida. A escalada da pandemia no interior paulista tem aumentado. Especialistas afirmam que estamos no pior momento. Diante do grave quadro também em Ourinhos, o promotor de justiça Dr. Adelino Lorenzetti Neto usou as redes sociais para fazer um apelo a população:

"Na qualidade de Promotor de Justiça com atribuição na área da Saúde Pública, gostaria de solicitar à população Ourinhense que evitem ficar nas ruas, após eventual compra no comércio local.

Com isso iremos evitar aglomerações e situações que aumentam a transmissão do vírus – Covid-19.

Ciente de que muitas pessoas necessitam sair de casa para aquisição de produtos essenciais, pediria encarecidamente, que após a compra, ao invés de ficar passeando, até se distraindo, volte para casa, enquanto estivermos no meio dessa Pandemia.

Realmente a coisa é séria.

Se não agirmos assim, certamente muitas pessoas direta e indiretamente serão prejudicadas, não só com o aumento dos casos da doença em nossa cidade, mas, sobretudo, pelo desemprego, lojas e empresas irão definitivamente fechar as portas.

Peço, humildemente, que adotemos essa postura, para que possamos também colaborar com a manutenção de nossa economia local, sem descuidar da saúde.

Tenho absoluta convicção que a população Ourinhense irá, uma vez mais, dar a sua parcela de contribuição.

O uso da máscara é obrigatório em todos os momentos.

Se agirmos em conjunto, um cuidando do outro, iremos vencer essa Guerra, pois já vencemos, até o presente momento, várias batalhas, considerando o número de pessoas curadas do Covid-19.

O isolamento e distanciamento social, de forma inteligente, é medida eficaz para a não propagação do vírus.
Ainda iremos ajudar a nossa economia local.

Assim agindo, evitaremos que o nosso sistema de saúde entre em colapso, dando condições de leitos de um modo geral, àquelas situações que realmente necessitam.

É uma questão de pura solidariedade.

Não existe ninguém imune ao vírus. Muitas pessoas que contraíram o vírus são assintomáticos – não sentem qualquer anormalidade – poderão contaminar seus familiares, pai, mãe e filhos.

Inclusive, em determinados casos, com a perda do ente querido.
Em outras palavras, acaba trazendo para dentro do seu lar o vírus, caso não faça o isolamento inteligente e os cuidados de higiene, da forma acima sugerida.

Conto com a ajuda de todos.

Juntos venceremos essa luta.

O meu muito obrigado a População de Ourinhos, a qual eu tanto respeito e admiro.

Fraternalmente,

Adelino Lorenzetti Neto
2º Promotor de Justiça e da Saúde Pública de Ourinhos."