Depois de 25 anos, problema de destinação final do lixo é resolvido em Ourinhos



Foi criada uma Central de Transbordo para dar a destinação correta dos resíduos sólidos no município

Enfrentando os problemas e sobretudo buscando soluções, a administração municipal e a SAE trazem em 2020 uma nova realidade para destinação correta do lixo no município. Um problema antigo procrastinado por administrações anteriores que se arrastou durante 25 anos.

A CTO – Central de Transbordo de Ourinhos já está funcionando desde março, fazendo a transferência de toneladas de lixo recolhidas diariamente na cidade. Trata-se de uma das mais modernas formas de transferência de resíduos sólidos, cuja estrutura possibilita a chamada transferência limpa de mais de 90 toneladas diárias de lixo recolhidas na cidade. Além de regularizar a área ao lado do Aeroporto da cidade, trazendo segurança para a aviação.

Localizada na zona rural, distante de áreas urbanizadas do município, a plataforma de transferência do lixo da CTO está operando plenamente. Recebe os caminhões coletores/compactadores da SAE, que descarregam o lixo em contêineres transportados por carretas até o Aterro Sanitário de Piratininga, instalação legalizada que atende as leis e determinações de órgãos ambientais.