Ourinhos têm 15 casos confirmados de dengue, ação de combate ao mosquito não para


A Secretaria de Saúde de Ourinhos informou na manhã de quinta-feira (23) que, dos 99 casos suspeitos de dengue, 25 deram negativo, 15 foram confirmados e outros 59 ainda aguardam resultado. As regiões mais afetadas são o Jardim Itajubi, Parque Minas Gerais e Jardim Itamaraty. 

“O bairro que mais nos preocupa é o Itajubi. Só nesses últimos 20 dias a Secretaria da Saúde fez duas ações no bairro e foram retirados caminhos de materiais inservíveis, que podem se transforma em criadouros do Aedes Aegypti”, relata Célia Exposto, Chefe em Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde. 

A Secretaria de Saúde promove operação intensiva e ininterrupta em diversos bairros da cidade para evitar a proliferação da dengue. Em janeiro, já foram feitas aproximadamente nove mil visitas domiciliares para verificação de quintais e conscientização dos moradores. A ofensiva começou em novembro de 2019, antes da temporada de chuvas de verão. Foram visitados os bairros com mais registros de dengue no último ano. O mapa para ações preventivas é atualizado diariamente com o recebimento de casos suspeitos.


Como parte da ação educativa, a Vigilância em Ourinhos visita escolas e associações de bairro para realizar palestras, como a ocorrida terça-feira (21), na Associação de Moradores do Jardim Itajubi. O trabalho segue nas próximas semanas, com o apoio de comerciantes, líderes religiosos e educadores, para que uma rede de conscientização ajude a informar a população.

Segundo Robert da Costa Ribeiro, Diretor da Vigilância em Saúde, a rotina contínua dos agentes tem se mostrado efetiva e a maioria dos criadouros estão sendo encontrados dentro dos quintais. “90% dos focos estão nas casas. Estamos tendo uma boa recepção e sempre pedimos que os moradores atendam os agentes e executem as dicas de limpeza. O quintal precisa ser verificado a cada dia e a cada chuva. Essa ação proativa diária é necessária. O combate à dengue é um trabalho de todos e a prevenção é a melhor saída”, explica.

O Ministério da Saúde emitiu no último dia 15 um alerta de possível surto de dengue em 11 estados brasileiros. Após um problema no estoque que afetou cidades em todo o país, Ourinhos deve receber nos próximos dias o material inseticida para nebulização. A compra só pode ser feita pelo órgão federal.

Os agentes da Vigilância estão uniformizados com um colete marrom com o brasão da cidade e com crachá de identificação. Em caso de dúvidas, o morador pode ligar no Núcleo de Controle de Vetores e conferir o nome e matrícula do funcionário. O telefone é (14) 3326-9323.