Presos do CR de Ourinhos participam de programa de prevenção às drogas


Reeducandos do Centro de Ressocialização assistiram palestras e fizeram dinâmicas para discutir os malefícios do uso de entorpecentes

Marcus Liborio - CRN

Reeducandos que cumprem pena no Centro de Ressocialização (CR) de Ourinhos participaram de mais uma etapa do Programa de Prevenção às Drogas, que busca advertir para os malefícios do uso de entorpecentes e suas consequências físicas, psicológicas e sociais tanto ao usuário quanto à sua família. Durante dois dias de evento (23 e 24 de julho), os presos assistiram palestras e discutiram o assunto por meio de dinâmicas em grupo. 

Idealizado pelo Agente de Segurança Penitenciária e pastor evangélico Nivaldo dos Santos, o projeto visa, ainda, valorizar a qualidade de vida, sempre focando na prevenção das drogas, conforme destaca a diretora da unidade prisional, Adriana Silene Logerfo Puglerino.

“Iniciado no CR em julho de 2012, todos os anos, durante as férias escolares, é dada continuação ao programa, considerando o estrago que a droga continua fazendo na sociedade”, frisa Adriana.

PALESTRAS

Durante o evento, Nivaldo promoveu dinâmicas em grupo, orientações e reflexões sobre os danos causados pelo uso de entorpecentes e o resultado negativo à família. Os detentos também participaram de competições de frases e cartazes e encenaram uma peça teatral.

As atividades foram destinadas a 40 internos do regime fechado e 25 do semiaberto, todos presos por envolvimento com drogas.