Prefeitura de Ourinhos implanta Projeto Horta Comunitária em todos os CRAS do município


O Projeto Horta Comunitária, desenvolvido pela Prefeitura de Ourinhos, por meio da Secretaria da Assistência Social será estendido para os quatro CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do município. O programa tem o objetivo de contribuir com a alimentação da população carente de Ourinhos, além de estimular a convivência comunitária e fortalecer os vínculos sociais. Cada CRAS vai receber mudas de alface, rúcula, salsinha, cebolinha, pimenta, entre outras hortaliças que atualmente são produzidas na horta do Centro Pop.

A intenção é expandir ainda mais o projeto, com a implantação de técnicas sustentáveis de adubação e irrigação com foco na preservação do meio ambiente. Além de hortaliças as propostas do Horta Comunitária englobam a criação de pomares e arborização de áreas urbanas. Os detalhes foram definidos em reunião realizada quinta-feira (02), na Secretaria da Assistência Social, com representantes dos CRAS, o Secretário Felipe Ramos e integrantes da Unesp e da Fatec de Ourinhos, entidades parceiras do projeto.

A Horta Comunitária, segundo Felipe, vai proporcionar às pessoas que utilizam os CRAS o aprendizado de uma técnica que, mais tarde, pode se tornar uma profissão. Além disso, diz o Secretário, o cultivo de folhas e legumes vai contribuir para complementar a alimentação das famílias. “É um projeto que vai ao encontro das políticas de inclusão desenvolvidas pelo Prefeito Lucas Pocay. A Horta Comunitária tem a função de despertar a cidadania nas pessoas, proporcionando uma ocupação que pode contribuir para a geração de renda e qualidade de vida”, diz Felipe.

A Horta Comunitária terá a colaboração de alunos da Fatec, que vão realizar o plantio, preparo de solo e o ensino das técnicas aos usuários dos CRAS. A Unesp de Ourinhos também terá papel importante. Estudantes elaboraram um projeto para a formação de adubo por meio de compostagem e armazenagem e utilização da água das chuvas para a irrigação das hortas.

A Fatec já vem colaborando com o projeto na horta do Centro Pop. Em formato de mandala, com um galinheiro no centro, o sistema foi desenvolvido para facilitar a produção de hortaliças com adubação de esterco das galinhas. Com este modelo de horta, é possível fazer o cultivo de hortaliças orgânicas, sem qualquer tipo de produto químico, apenas usando adubos naturais.