5ª Conferência Municipal da Pessoa Idosa aconteceu no CSU


A Prefeitura de Ourinhos, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria ao Conselho Municipal de Assistência Social, promoveu dia 21 de março no CSU (Centro Social Urbano), a 5ª Conferência Municipal da Pessoa Idosa. Neste ano, o tema foi Desafios de Envelhecer no Século 21 e o Papel das Políticas Públicas. Cerca de 200 idosos participaram do evento.

O encontro contou com a participação do Secretário Municipal de Assistência Social, Felipe Pereira Ramos, da Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa Dulce Bittencourt Bosan e de autoridades municipais.

Segundo Felipe, a conferência teve como finalidade debater e votar assuntos levantados sobre políticas públicas para a pessoa idosa, que serão encaminhadas ao Conselho Estadual. “O objetivo principal é avaliar o que eu tem sido feito em prol a pessoa idosa e fazermos propostas de acordo com as necessidades, colocações e apresentações dos participantes da conferência, uma vez que todos tem espaço para falar e expor suas opiniões.”

A presidente do Conselho Municipal explicou que os assuntos votados são resultados de duas pré-conferências, realizadas durante o mês de março. “Neste evento, o papel do conselho é fundamental no sentido de conferir o que devem permanecer, o que deve ser mudado, o que precisa ser melhorado com o único objetivo de favorecer a melhor idade.”

As propostas foram divididas em quatro eixos: Direitos fundamentais na construção e efetivação das políticas públicas; Educação: assegurando direitos e emancipação humana; Enfrentamento da violência dos direitos humanos da pessoa idosa; e Os conselhos de direitos: seu papel na efetivação do controle social, na geração e implementação das políticas públicas.

Além disso, na conferência, ainda aconteceu a leitura e a aprovação do regimento da V Conferência Municipal da Pessoa Idosa de Ourinhos, as eleições dos delegados para a Conferência Estadual, apresentações artísticas com grupos de Tai Chi Chuan e Capoterapia e se encerrou com um almoço para todos os participantes.

Vale ressaltar que as propostas aprovadas na esfera municipal serão levadas para a Conferência Estadual e, possivelmente em Brasília.