Grito de Carnaval aconteceu no Mercadão Municipal


Centenas de foliões compareceram á abertura oficial do Carnaval de Ourinhos sexta-feira (22) à noite no Mercadão Municipal. Público de todas as idades prestigiaram as apresentações da Batucada Resistência da Unesp e da cantora Ju Spina e grupo Kizumbamba. O Grito de Carnaval foi uma amostra do que está programado para as noites de folia e matinês. Os bailes também ocorrem no Mercadão nos dias 02 (sábado) e 04 (segunda-feira) de março, a partir das 19h. As matinês nos dias 03 (domingo) e 05 (terça-feira) a partir das 15h. Todos os dias de baile e matinê terão apresentação da artista musical Ju Spina e convidados.

Segundo o Secretário da Cultura Gustavo Tanus, a decisão de promover todo o carnaval do Mercadão seguiu uma proposta que deu certo nos anos anteriores. “A ideia é unir a população e diversos públicos para se divertir, agregando as mais diferentes vertentes da população com som bastante eclético para todo mundo. As noites de carnaval serão aqui no Mercadão, assim como as matinês, que reservam surpresas para as crianças, com brinquedos e algodão doce”, diz Gustavo.

Durante os dias de folia as lojas do Mercadão vão permanecer abertas. No local também haverá food truck comercializando bebidas e comidas. O evento foi pensado, segundo o Secretário Gustavo Tanus, para um momento de lazer e descontração da família, e também para valorização cultural do Carnaval na cidade.

A ourinhense Fátima Peres foi pelo segundo ano consecutivo prestigiar o Carnaval no Mercadão, uma proposta que, segundo ela deu certo, por reunir público variado. “Lembra os carnavais de rua dos velhos tempos, com marchinhas. Une mais a população, é um projeto muito bom. Sou de Ourinhos e acho que a administração do Lucas é excelente. Está fazendo muita coisa boa pelas crianças, educação, idosos e deficientes”, diz.

Quem também compareceu foi Leandro de Paula, ourinhense que elogia a proposta de um carnaval mais democrático. “É bem bacana, um trabalho que resgata o carnaval de rua e atrai a população, crianças, idosos, jovens, numa interação muito rica, Aproveitei para trazer meu filho Vitor para curtir energia da folia”, afirma.