Capitão Augusto dá o pontapé inicial para a criação de um Hospital Veterinário Público em Ourinhos

A coordenadora do curso de Medicina Veterinária, Drª Cláudia Yumi, e o deputado Capitão Augusto Rosa na sala de recuperação de animais de pequeno porte. Foto: JPOVO

Que o dia de um político sério que trabalha em prol do povo é agitado nós já imaginávamos. A correria de uma agenda lotada, atendimento a autoridades e população, e as inúmeras ligações recebidas diariamente com pedidos e reivindicações de todo canto do Brasil são alguns exemplos de como é a vida do deputado ourinhense Capitão Augusto Rosa. E a disposição do nosso parlamentar impressiona.

Acompanhamos na tarde desta quinta-feira, 26 de janeiro, uma parte desta rotina. Estivemos com Augusto nas FIO (Faculdades Integradas de Ourinhos) para conhecer as instalações do curso de Medicina Veterinária da faculdade. Com recursos federais, o deputado pretende implantar na cidade um Hospital Veterinário Público. "Quero que os animais de rua e de pessoas carentes sejam atendidos gratuitamente em Ourinhos", enfatizou.

Augusto esteve acompanhado do coordenador do Escritório Político de Ourinhos, Diógenes Corrêa Leite, e do assessor Winston Edinerlian Junior. A comitiva foi recebida pelo diretor da instituição, Bianor Colchesqui, que apresentou as instalações e o cotidiano do Hospital Veterinário da faculdade. A visita contou com o acompanhamento técnico da coordenadora do Curso de Medicina Veterinária, Drª Cláudia Yumi, passando pela Sala Técnica Cirúrgica, Laboratório de Anatomia-Patologia, Laboratório de Biologia Molecular, Sala Cirúrgica de Animais de Companhia (cães, gatos, etc), Setor de Cirurgia de Grandes Animais e o Setor de Diagnóstico por Imagem.

Na ocasião, o deputado ourinhense conversou com alunos e professores, mostrando-se animado por conhecer de perto o know-how da faculdade. "As FIO, com toda sua capacidade técnica, expertise de seus professores e disposição dos alunos do curso de Medicina Veterinária, certamente será uma grande parceira neste projeto que estamos iniciando", destacou.

Não há uma estimativa oficial de quantos animais abandonados ou em posse de pessoas carentes vivem em Ourinhos. A superpopulação de cães e gatos é evidente ao andarmos pelas ruas da cidade. De acordo com especialistas ouvidos pela nossa reportagem, um programa efetivo de castração ajudaria neste controle. Hoje infelizmente, quando estes animais necessitam de socorro, contam apenas com a boa vontade da população e com a ajuda de protetores voluntários.


Deputado Capitão Augusto, professor Bianor (FIO), Diógenes e Junior
Capitão Augusto e professor Bianor (FIO) conversaram sobre o Hospital Veterinário Público gratuito
Capitão Augusto conheceu o curso de Medicina Veterinária das FIO
Os professores Bianor Colchesqui e Caio Abimussi com o  deputado Capitão Augusto e Diógenes Correa Leite
Deputado Capitão Augusto, assessores, e professores e diretores das FIO
O deputado teve contato com os trabalhos dos alunos do curso de Medicina Veterinária
Erica Rodrigues Ferraz, aluna do 9º Termo de Medicina Veterinária, pesquisa sexagem de equinos
No laboratório de Biologia Molecular, o professor Fernando Martins de Almeida apresentou seu trabalho ao deputado e sua equipe
A Drª Cláudia Yumi mostrou ao deputado as salas cirúrgicas do hospital da faculdade
Um setor no hospital veterinário da faculdade é todo dedicado aos animais de grande porte
Capitão Augusto também conheceu o setor de diagnósticos por imagens
Durante a visita o deputado conheceu o dia a dia dos funcionários da faculdade
Fotos: JPOVO