Vencedores do 10º Curta Ourinhos foram anunciados no encerramento do Festival


Foi realizada neste sábado, 19, a cerimônia de encerramento da 10ª Edição do Curta Ourinhos. Após a exibição dos últimos  filmes do Festival, aconteceu a cerimônia de premiação dos melhores Curtas de cada categoria. O evento foi realizado no Teatro Municipal Miguel Cury.

O Festival começou na terça-feira, 15, com exibição de filmes no Teatro Municipal Miguel Cury. Ao longo dos dias do evento foram exibidos 34 filmes. Foram inscritos 217 filmes de vários estados do país, nas categorias de ficção, documentário e animação. Todos os filmes foram exibidos gratuitamente.

Os filmes vencedores foram os seguintes: na categoria animação: O Quebra Cabeça de Tarik (direção: Maria Leite), na
categoria documentário: O Nadador - A História de Tetsuo Okamoto (direção: Rodrigo Grota) e na categoria ficção: Bartleby (direção: Rafael Lobo). Cada um dos filmes foi premiado com o troféu jaracatiá e R$ 3.000,00 em dinheiro.

O Secretário de Cultura, Julio Cesar de Oliveira, destacou a evolução do festival. “ O Curta Ourinhos já se consolidou como um mostra profissional. Inclusive o diretor Rafael Lobo, vencedor da categoria Ficção destacou que os profissionais da área do cinema visualizam o Curta Ourinhos com um dos grandes festivais da área”, concluiu.

O Secretário lembrou também que nas últimas edições do Curta Ourinhos foram inscritos filmes internacionais. “Na 8ª edição do Festival um dos curtas que ficou entre os primeiros colocados, também foi apresentado no Festival de Cannes, um dos mais renomados do cinema internacional. Isto mostra a evolução e o profissionalismo do Curta Ourinhos”, complementou.

Além dos filmes, o Curta também ofereceu três oficinas com nomes renomados do cinema brasileiro. As oficinas oferecidas foram de produção cinematográfica usando câmera de telefone celular, prática de crítica cinematográfica, sobre cinema de ficção científica.