Sindicam Ourinhos atua em mais um caso em defesa do direito dos caminhoneiros

O Sindicam Ourinhos (Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de São Paulo) atua em mais um caso para garantir o direito de seus filiados. Desta vez o impasse acontece com a transportadora 1500 que se recusa a pagar horas extras para um transportador. Nossa equipe realizou contato telefônico com a empresa no dia 15 março, no qual nos foi informado que o responsável estava em uma reunião. Solicitamos que fosse retornada a ligação, mas até o fechamento desta matéria, no dia 19 de março, ele ainda não havia retornado o contato.

Assista a reportagem completa na TV Massiva que é exibida nos seguintes sites: reporterourinhos.com.br, reporternarua.com.br. jornaltabloide.com e jpovo.com.br.