PM Ambiental encontra irregularidade em madeireira de Ourinhos

Nesta quinta-feira, dia 10 de março, policiais militares do 2o Batalhão de Polícia Ambiental, pertencentes à Base Operacional de Ourinhos /SP, realizaram fiscalização em uma empresa do ramo madeireiro no município de Ourinhos, onde constataram a venda de 295,98 metros cúbicos de madeira nativa sem a devida licença e o depósito de 25,53 metros cúbicos de madeira nativa sem a devida licença válida, outorgada pela autoridade competente.

Diante do constatado, elaboraram 02 (dois) autos de infração ambiental totalizando o valor de R$ 96.454,95 (noventa e seis mil quatrocentos cinquenta e quatro reais e noventa e cinco centavos) por vender e ter em depósito madeiras nativas sem a devida licença.

O responsável pela empresa poderá responder por dois crimes ambientais, o crime de depósito e venda de madeira sem a devida licença ambiental, cuja pena pode variar de seis meses a um ano de detenção e multa.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.