Ourinhos supera crise econômica nacional e tem saldo positivo de empregos em janeiro de 2016

Apesar da retração na economia nacional, o volume de empregos formais gerados no mês de janeiro de 2016 em Ourinhos teve um saldo positivo de 79 vagas criadas com carteira assinada em relação ao número de desligamentos feitos no mesmo mês.
 
De acordo com o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em janeiro aconteceram 732 desligamentos. No mesmo período foram gerados 811 novos postos de trabalho.
 

Ourinhos demonstra que tem conseguido superar a crise econômica nacional. Segundo os dados do CAGED, em janeiro de 2016, foram eliminados 27.056 empregos celetistas no estado de São Paulo, o que representou retração de 0,22% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.
 

O município tem se destacado positivamente perante a região. No mesmo período, cidades como Bauru (-594), Presidente Prudente (-65) e Assis (-79) tiveram saldo negativo, ou seja, maior número de desligamentos do que admissões. 
 

Vale ressaltar que neste período de dificuldade econômica enfrentada pelo país, constantemente Ourinhos tem aparecido entre os melhores municípios no ranking divulgado pelo CAGED. Por exemplo, em setembro de 2014, o município ficou na 19ª posição do ranking estadual com um saldo positivo de 211 novos postos de trabalho.
 

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Valdir Bergamini frisou que a união da Prefeitura com os parceiros e iniciativa privada tem sido fundamental para os índices positivos do município.
 

“A parceria entre a Prefeitura, diversas entidades e associações e iniciativa privada tem gerado um aquecimento da economia local e atraído novos investidores para Ourinhos”, destacou o Secretário.
 

O Secretário ressaltou que com a conclusão do processo de da doação dos lotes remanescentes do Distrito Industrial 3 e implantação do Distrito Industrial 4 a perspectiva é positiva. “Em Ourinhos a perspectiva é bastante positiva, visto que os empresários estão ampliando seus negócios. A perspectiva é de que somente com a implantação do Distrito Industrial 4 serão gerados cerca de 900 novos empregos na cidade até o final de 2016”, concluiu.

DISTRITOS INDUSTRIAIS
 

Em dezembro a Prefeitura de Ourinhos concluiu o processo licitatório para doação de terrenos do Distrito Industrial 3 e 4. Ao todo foram doados 31 lotes.
 

Com a doação destes terrenos, o Governo Municipal injetou aproximadamente R$ 4,5 milhões em áreas doadas. A previsão é de uma geração total de 900 novos empregos e a projeção total de investimentos para o próximo ano gira em torno de R$ 35 milhões.
 

As doações foram feitas com transparência, em conformidade com o Tribunal de Contas, através de processo licitatório inédito.