Belkis comemora liderança regional de Ourinhos no ranking de geração de empregos

Segundo a Prefeita Belkis Fernandes, esse índice se  deve parceria forte entre a Prefeitura, diversas entidades, associações e iniciativa privada

O saldo positivo é de 322 novos postos de trabalho nos meses de janeiro e fevereiro de 2016

Apesar da retração na economia nacional, e o aumento do desemprego no país, o volume de empregos formais gerados em Ourinhos apresentou saldo positivo pelo segundo mês consecutivo, notícia esta bastante comemorada pela Prefeita Belkis Fernandes.
 

De acordo com o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em Ourinhos no mês de fevereiro foram gerados 1.108 empregos e 865 desligamentos no mesmo período. O saldo positivo foi de 243 novos postos de trabalho.
 

De 370 municípios Ourinhos ficou em 23º lugar no ranking de geração de empregos formais no Estado de São Paulo com mais de 10 mil habitantes. Além disto, com saldo positivo de 243 novas vagas de trabalho criadas, Ourinhos ficou à frente de cidades da região como Assis (+174), Presidente Prudente (169), Marília ( - 44) e Bauru ( - 388).
 

Enquanto o cenário no país é negativo, Ourinhos tem se destacado com saldo positivo, mantendo a economia aquecida. Este é o segundo mês consecutivo que Ourinhos é destaque na geração de empregos. Em janeiro de 2016, o muncÍpio apresentou saldo positivo de 79 vagas criadas com carteira assinada.
 

A Prefeita Belkis Fernandes destacou que os índices positivos relacionados ao desenvolvimento econômico da cidade são frutos parceria firmada entre a Prefeitura, que tem papel importantíssimo no processo de fomentar o desenvolvimento econômico da cidade, juntamente com a iniciativa privada e entidades.
 

“Atualmente, existe uma parceria forte entre a Prefeitura, diversas entidades e associações e iniciativa privada. Essa união com parceiros como SEBRAE, FIESP, AIOR – Associação das Indústrias de Ourinhos e Região, FIESP, ACE – Associação Comercial e Empresarial e SENAI com ações voltadas ao um objetivo comum: o desenvolvimento sustentável de nosso município, respeitando cada segmento e fortalecendo o conjunto, tendo resultados práticos, reflete na obtenção de excelentes índices, tudo com transparência na gestão pública municipal. Por meio desta união tem sido promovidas diversas ações com o intuito de  gerar o aquecimento da economia local e atrair novos investidores para Ourinhos”, concluiu a Prefeita.
 

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Valdir Bergamini, além dos índices positivos a perspectiva para o ano é positiva, devido a instalação do Distrito Industrial 4 e a conclusão do Distrito Industrial 3.
 

“Com a conclusão do processo de doação dos lotes remanescentes do Distrito Industrial 3 e implantação do Distrito Industrial 4 a perspectiva é bastante positiva, visto que os empresários estão ampliando seus negócios. Até o final de 2016, é esperado que somente com a implantação do Distrito Industrial 4 sejam gerados aproximadamente 900 novos empregos em Ourinhos”, concluiu o secretário.

NOVOS DISTRITOS INDUSTRIAIS

Em dezembro de 2015 a Prefeitura de Ourinhos concluiu o processo licitatório para doação de terrenos do Distrito Industrial 3 e 4. Ao todo foram doados 31 lotes.     As doações foram feitas por meio de um processo licitatório inédito, que seguiu as orientações do Tribunal de Contas para garantir a transparência.
 

Com a doação destes terrenos, o Governo Municipal injetou aproximadamente R$ 4,5 milhões em áreas doadas. A previsão é de uma geração total de 900 novos empregos e a projeção total de investimentos para o próximo ano gira em torno de R$ 35 milhões.