Estuprador da moto preta pega 13 Anos e 8 meses de prisão

Essa pena foi aplicada pela justiça em apenas um dos casos confirmado de estupro como sendo Elton Alexandre Martins da Silva, 30 anos, o autor confesso do crime. O julgamento aconteceu na tarde desta terça feira, 23/02/16, na sala do júri do Fórum de Ourinhos.

RELEMBRE O CASO

Depois de anos de investigações e acompanhamentos de possíveis suspeitos, finalmente a DIG - Delegacia de Investigações Gerais de Ourinhos prendeu Elton Alexandre Martins da Silva, de 29 anos, construtor, intitulado "o estuprador da moto preta", que embora ainda não tenha confessado os crimes à Polícia, fortes indícios fazem dele o próprio estuprador, podendo ser confirmado na Justiça.

Segundo o delegado titular da DIG, Dr. João Ildes Beffa, após ter praticado uma série de estupros e roubos na cidade desde o ano de 2013, Elton Martins freou seus instintos criminosos ao perceber a grande repercussão que os crimes apontavam, receoso de ser descoberto embora sempre tenha tido cuidados para que isso não acontecesse, permanecendo com o capacete na cabeça durante os ataques, trocando de veículo e de roupas e calçados, mas ainda assim os policiais civis continuaram com as investigações.

Em janeiro deste ano de 2015 Elton Martins novamente saiu à caça de suas vítimas, umas conhecidas e outras ao acaso, sem um estereotipo definido, oculto na profissão que permitia acompanhamentos e fiscalizações em suas obras, com tempo de sobra, bem vestido, calmo e com linguajar dentro da normalidade, voltou a atacar ao iniciar dos dias mulheres desavisadas, que abordava para perguntas sobre consertos em eletricidade, hidráulica e demais necessidades, indagava sobre a presença de mais pessoas na casa e, recebendo respostas que o encorajassem rendia as pessoas e adentrava nas residências, estuprava, roubava e se evadia quase sem deixar pistas.

Mas foi em um desses crimes que Elton Martins, sempre com o mesmo modo de agir, mesmo perfil, roupas, porte físico forte, 1,90m de altura, passou a ser o maior suspeito, na concepção do Dr. João Ildes Beffa, onde uma vítima de 63 anos teve também seu celular roubado, e descrevendo suas características e modo de agir os policiais civis da DIG passaram a monitorá-lo, desde que já era suspeito diante das descrições de várias vítimas anteriores ao mês de maio de 2014, e há uma semana atrás o Delegado pediu e obteve junto ao Fórum local um Mandado de Prisão Preventiva, prendendo-o e encontrando com ele o celular da última vítima, de uma semana atrás.

Executada a prisão na quinta-feira, dia 16 de abril, e comunicadas as vítimas anteriores, Elton Alexandre Martins da Silva foi inicialmente reconhecido por 02 vítimas de estupro e roubo confirmados, sendo alvo então de prisão temporária e mais reconhecimentos de vítimas até então, pois em revista na residência do mesmo, morador de um apartamento no condomínio da MVR, situado perto da Seccional de Polícia de Ourinhos, os policiais civis encontraram botas e jaquetas que se alinharam com a descrição das vítimas, quando foi reconhecido por mais uma vítima de estupro e roubo confirmado e 02 vítimas de tentativa de estupro e roubo.

Elton Alexandre ainda nega a autoria dos crimes, ainda que de posse do celular da última vítima e plenamente reconhecido, mas à Polícia não resta dúvidas, já havendo provas suficientes de que seja ele o culpado, o que será provado no prosseguimento das investigações e no processo judicial, disse o Dr. João Ildes Beffa comentando o esforço de sua equipe de trabalho na elucidação dos crimes, sendo ele encaminhado a cadeia pública.


Jornal Tabloide