Sociedade ourinhense participou de reunião promovida pela Prefeitura sobre a nova Mega Operação ''Todos Contra o Aedes Aegypti''


Ação terá início nesta segunda-feira, 11 de janeiro pelos bairros: Pq. Pacheco Chaves, Jd. Itamaraty, Moradas Ourinhos, Jd. Paris e Jd. Nossa Senhora de Fátima

Lutando para combater a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus em Ourinhos, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e apoio da SAE, Defesa Civil de demais Secretarias Municipais, realizou no início da noite ontem, 07, na sede da AERO, uma reunião com membros da sociedade civil da cidade para anunciar a nova Mega Operação, desta vez “Todos Contra o Aedes Aegypti”.

A reunião que foi conduzida pelo secretário municipal de Saúde André Mello contou com a presença de representantes da Igreja Católica, Evangélica, representante da Diretoria de Ensino de Ourinhos, empresários, Presidentes de Associações de Bairro, AIOR, ACE, Tiro de Guerra, Defesa Civil e Secretários Municipais.

A prefeita Belkis Fernandes falou sobre o compromisso da Prefeitura em realizar mais uma Mega Operação e sobre a parceria com a sociedade. “Nós estamos compromissados novamente em sair pelas ruas e dar continuidade neste trabalho de eliminar o maior número de criadouros do mosquito Aedes. Para isso conto com a colaboração de todos e desde já agradeço a parceria de todos que se deslocaram até aqui para que possamos discutir sobre essas ações. É através de cada um que seremos capazes de ganhar forças para vencer essa luta!”.

O vice-prefeito Dr. Gilberto Severino lembrou a importância dessa união entre o poder público e a sociedade e parabenizou a prefeita Belkis e o secretário de Saúde André Mello pela iniciativa. “Em primeiro lugar eu quero parabenizar a prefeita Belkis e o secretário André Mello por mais essa iniciativa. Quando falamos em fazer uma campanha e combater alguma doença ou defender algo público, nós pensamos em Prefeitura, mas é preciso ter em mente que existem doenças que não dependem somente do poder público, a exemplo disso: a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus. Como vamos combater isso? Sozinho o poder público não pode, por isso para vencer essa guerra depende de todos nós!”.

Representando a igreja católica e o Bispo Dom Salvador Paruzzo, o diácono Rafael Saqueti parabenizou a iniciativa da Prefeitura e colocou a Igreja à disposição. “A Igreja parabeniza a iniciativa de chamar a atenção de sociedade, já que todos nós somos responsáveis para que essa situação seja estancada. O que mós vemos é que se cobra muito das autoridades, mas a população faz pouco. O Bispo está muito empenhado neste trabalho e nós vamos ajudar na divulgação deste trabalho e conscientização”.

O presidente da AERO Antônio Carlos Caetano também falou sobre a ação. “É um prazer recebê-los aqui! Parabenizo a prefeita Belkis pela iniciativa de realizar mais esta Mega Operação. Sabemos o quanto a responsabilidade cai sobre as costas do poder público e que se cada morador fizesse a sua parte não estaríamos enfrentando um problema como esse. Quero dizer que a AERO estará sempre à disposição da Prefeitura”.

Parceiro pela terceira vez nesta ação, o presidente da AIOR Edenilson Natale falou da importância da conscientização dentro do local de trabalho e da participação dos empresários. “Mais uma vez estamos em parceria com o poder público e sempre à disposição. É importante que os empresários se reúnam com seus funcionários para conscientizá-los sobre a importância de eliminar a dengue. Cada um deles tem a sua família e conforme as informações vão sendo repassadas um maior número de pessoas estarão conscientes do perigo desta doença. Gostaria de solicitar aos empresários também que se possível façam o empréstimo de caminhões para fazer a coleta destes materiais inservíveis nas residências”.

O presidente da ACE, Diógenes Correa Leite lembrou o trabalho que está sendo feito junto ao comércio ourinhense. “Nossa equipe da Associação já está fazendo todo trabalho de comunicação junto aos comerciantes, distribuindo os panfletos da campanha e alertando para que eles também cuidem dos seus estabelecimentos”.

Na ocasião o secretário de Saúde André Mello comentou sobre a disseminação das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti, explicou sobre os tratamentos, sintomas e locais que podem servir de criadouros para o mosquito. “Uma simples tampinha de garrafa pode acumular água e servir de criadouro para o Aedes, por isso estamos unindo nossas forças e a meta é eliminar das residências todos os focos deste mosquito tão perigoso!”.

A terceira Mega Operação “Todos Contra o Aedes Aegypti” terá início nesta segunda-feira, 11 de janeiro, no Pq. Pacheco Chaves, Jd. Itamaraty, Condomínio Moradas Ourinhos, Jd. Paris e Jd. Nossa Senhora de Fátima. Colabore, faça a sua parte para que juntos vençamos essa guerra contra o mosquito Aedes Aegypti.