Prefeitura fará Mega Operação ''Todos Contra o Mosquito Aedes Aegypti'' a partir do dia 11 de janeiro


Ação visa eliminar criadouros do mosquito Aedes Aegypti, que além da dengue transmite também a febre chikungunya e o zika vírus

A partir do dia 11 de janeiro de 2016, a Prefeitura de Ourinhos dará início em todos os bairros da cidade, à terceira Mega Operação que agora será “Contra o Mosquito  Aedes Aegypti”, com a intenção de eliminar das residências os criadouros do mosquito Aedes Aegypti, que além da dengue transmite também a febre chikungunya e o zika vírus e assim evitar que a cidade sofra com uma epidemia de dengue.

Durante os dias em que os caminhões da Prefeitura estiverem passando pelos bairros é importante que os moradores descartem todo e qualquer tipo de material que sirva de acúmulo para a proliferação do mosquito Aedes. Infelizmente, estão sendo encontrados pelos agentes de endemias inúmeros focos do Aedes em algumas residências. Nas últimas semanas, por exemplo, foram encontrados 18 focos em uma única casa, na Vl. Margarida.

Dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica contabilizaram um total de 20 casos de dengue em Ourinhos no período de 05 de julho a 16 de dezembro, sendo 18 casos autóctones e 2 importados.

A grande preocupação do setor de saúde pública, é que além da temida dengue e da febre chikungunya, o mosquito Aedes tem transmitido também o zika vírus (principal suspeito de casos de microcefalia em recém-nascidos).

De acordo com o último boletim atualizado pelo Ministério da Saúde, até o dia 12 de dezembro foram registrados 2.401 casos de microcefalia e 29 óbitos, sendo que os casos estão distribuídos em 549 municípios de 20 estados. Mais seis novos estados já foram notificados com casos suspeitos, sendo eles: Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Rio Grande do Sul.

O Governo municipal está empenhado no combate à proliferação do mosquito e conta com o apoio de toda a população para que os casos de dengue não aumentem. A principal ação nesta luta é a colaboração de toda a população, vistoriando em suas casas e locais de trabalho possíveis criadouros.
Vamos juntos vencer essa luta!