Bispo Dom Salvador crisma reeducandos do CR de Ourinhos

Share:

Em evento realizado no último feriado de sete de setembro, 14 reeducandos do Centro de Ressocialização de Ourinhos foram crismados pelo Bispo Dom Salvador.

A Crisma, juntamente com o Batismo e a Eucaristia, fazem parte dos três sacramentos da iniciação cristã da Igreja Católica, e esse ato é realizado no intuito de encorajar o fiel e o fortalecer para uma vida de testemunho de amor a Cristo.

Como se sabe, o trabalho religioso no Sistema Prisional Brasileiro é garantido pelo artigo 5º, inciso VII, da Constituição Federal, que assegura aos presos a prestação da assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva, como também na Lei de Execução Penal, como dever do Estado, em seu artigo 11, a assistência material, à saúde, jurídica, educacional, social e “religiosa”.

No CR de Ourinhos, como em várias outras unidades penais do Estado, também é feito esse trabalho de atendimento espiritual por várias entidades, dentre elas a Igreja Católica, que aos sábados realiza esse atendimento em uma sala destinada a esse fim.

Anualmente, em comemoração a Semana Santa, a Unidade recebe além do Bispo, padres Católicos, para a realização de confissões, Missa de Lava Pés, e Celebração da Paixão e Morte do Senhor e Veneração à Santa Cruz.
Enfim, trabalhos como estes, realizados semanalmente em Unidades Penais, tanto pela Igreja Católica, como por outras entidades religiosas, são considerada por muitos estudiosos como uma das maneiras mais eficazes na ressocialização do indivíduo preso, com uma influência positiva na vida dos mesmos, já que o preso chega a um ambiente prisional, em “estado terminal” diante de uma sociedade legalista e preconceituosa, e a religião tem sido o ponto fundamental na recuperação dessas pessoas.