Governo lança programa estadual Pet São Paulo

Share:
Em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, o governador Márcio França lançou nesta segunda-feira (18) o Pet São Paulo, programa estadual inédito de apoio aos municípios em ações e políticas públicas em defesa dos animais domésticos, em especial cães e gatos.

Para coordenar os trabalhos com as prefeituras, está sendo criada a Subsecretaria de Defesa dos Animais, vinculada a Casa Militar do Estado. “Hoje fizemos uma solenidade diferente, criando de maneira institucional a subsecretaria de proteção animal. Era uma vontade que a gente percebe nas ruas, praticamente toda cidade tem alguém que faz essa defesa, muitos vereadores, deputados, no congresso nacional também, assembléia legislativa”, disse Márcio França.

“Agora teremos um lugar para canalizar essa energia positiva, é uma secretaria que vai nascer pequena, mas ela agrega outras áreas de atuação. Hoje assinei quase R$ 2 milhões em emendas, de parlamentares que fazem da proteção animal sua principal atividade, e estou muito contente de fazer isso em SP, que será o primeiro Estado do Brasil a ter uma subsecretaria para tratar desse assunto”, completou o governador.

A subsecretaria será responsável por coordenar o Sistema Estadual de Defesa dos Animais (SIEDA) – um comitê gestor intersetorial responsável por realizar e apoiar projetos e ações de proteção de cães e gatos em todo território paulista.

“As pessoas que acreditam que os cães são parte da sociedade vão ter agora, com esse programa, o aval de que são mesmo. Eles têm direitos”, comentou o especialista em comportamento animal Alexandre Rossi, após participação no evento com seus famosos pets, Estopinha e Barthô.

O programa incentivará os municípios na realização de feiras de adoção, capacitações, campanhas educativas sobre guarda responsável de cães e gatos, além de firmar convênios para apoio a castração e microchipagem.

O município que aderir ao programa receberá o Selo Pet São Paulo, sendo atestado parceiro na proteção destes pets.

O Pet São Paulo nasceu da preocupação com os casos de maus tratos aos animais domésticos, e a necessidade de uma cultura de prevenção contra atos de agressão, além do interesse do governo em integrar os órgãos públicos estaduais com os municípios, organizações e a comunidade.