Campanha de vacinação contra a gripe vai até 1º de junho

Share:
A 20ª Campanha Nacional de Vacinação começou dia 23/04 e se estende até 1º de junho em todos os 16 postos de saúde de Ourinhos. A ação visa conter o avanço da doença no inverno, quando as baixas temperaturas ampliam a circulação dos vírus causadores de doenças respiratórias. A vacinação ocorre das 8h às 17h em todas as unidades básicas de saúde e unidades de saúde da família.

A meta é vacinar 90% de cada grupo prioritário na campanha de vacinação, os grupos prioritários são as crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, os povos indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais com prescrição médica apresentada no ato da vacinação.

A vacina da gripe é contraindicada para pessoas com reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Após a vacinação, o organismo leva 15 dias para gerar os anticorpos contra a enfermidade.

Campanha Nacional de Vacinação

- Período: de 23 de abril a 01 de junho de 2018
- Dia da Mobilização Nacional (sábado): 12 de maio de 2018 das 08 às 17 horas
- Horário: das 09 às 17 horas em todas as unidades de saúde de segunda a sexta-feira
- Objetivo da Campanha: Vacinar a população considerada de risco para complicação por gripe.
- Contraindicação: É contra indicada para pessoas com história de reação anafilática em doses anteriores e pessoas que tenham alergia relacionada a ovo de galinha.
- Reações da vacina: dor no local da vacina, endurecimento e vermelhidão que podem durar até 48 horas.

Grupo prioritário para vacina:

- Indivíduos acima de 60 anos
- Crianças de 06 meses a menores de 05 anos
- Gestantes
- Puérperas até 45 dias após parto
-Trabalhadores do seguimento da saúde
- Povos indígenas
- Grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis
- Adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas
- População privada de liberdade e funcionário do sistema prisional
- Professores de escolas públicas e privadas

Meta: vacinar 90% de cada grupo um dos grupos prioritários

Informações

Secretaria Municipal de Saúde
Vigilância Epidemiológica Fone: 3302.6100 ramais: 7145, 7137, 7169.