Projeto Casa dos Músicos gera economia de R$ 40 mil aos cofres da Prefeitura


O projeto Casa dos Músicos, uma das iniciativas da Prefeitura de Ourinhos na gestão do Prefeito Lucas Pocay, tem colhido bons frutos no setor cultural. Além de incentivar as manifestações musicais, o projeto também gerou aos cofres públicos uma economia de R$ 40 mil com diárias de hospedagem em 2017.

Isso porque músicos que vêm de outras cidades para apresentações, ou até mesmo ensino de instrumentos, não precisam ficar em hotéis. Os profissionais ficam alojados, com todo o conforto, em uma residência mantida pela Prefeitura, na rua Dom Pedro, 1.010.

Segundo os próprios artistas, a iniciativa gera interação e é um grande incentivo para a cultura local. O músico Alessandro Quadros diz que não se trata apenas de economizar dinheiro público, mas de uma política eficaz voltada para o crescimento do setor cultural da cidade. "Aqui nós temos uma casa toda preparada para receber os músicos. Se precisarmos, temos espaço para ensaios, para tocarmos, coisa que em um hotel não seria possível fazer. Aqui temos liberdade para compor, nos preparar antes das apresentações, além de receber professores e artistas de vários lugares. Isso é importante para o fortalecimento do setor", diz.

Para Alessandro, a Cultura de Ourinhos tem sofrido uma transformação fundamental nas mãos do Prefeito Lucas Pocay. "Foram contratados professores de Tatuí com alto nível para ministrar aulas na Escola de Música. E o poder público oferece as condições para que eles possam estar aqui. Além disso, o aluno, quando entra para a escola, tem a oportunidade de tocar na orquestra mesmo como iniciante, o que o motiva ainda mais. Sem contar a variedade de eventos para apresentação que torna Ourinhos cada vez mais referência no setor", fala.

O músico Anderson Bruno Pereira, natural de Tatuí, viaja semanalmente para Ourinhos para ministrar aulas desde outubro de 2017. Segundo ele, a rotina é agitada e a oportunidade de se hospedar na casa é fundamental para o desenvolvimento profissional. "Nós passamos a maior parte do dia na Escola de Música. Depois nós voltamos para cá. Aqui temos cozinha para preparar nossas refeições. Temos espaço para ensaiar. Temos os espaços necessários para desenvolver o nosso trabalho com qualidade", afirma.

Para ele, o projeto Casa dos Músicos é excelente. "Aqui é tudo organizado. Todos respeitam as regras, tanto de limpeza quanto de entrada e saída. Temos bom relacionamento com os vizinhos. Só podemos elogiar a dedicação do Prefeito Lucas conosco", agradece.

O músico Thiago dos Santos Pereira também morador de Tatuí viaja semanalmente para ministrar aulas na Escola de Música e diz que o que o poder público está fazendo é investir no professor para colher bons frutos no aluno. "Investir no professor é investir no aluno”, garante.

O PROJETO - O Projeto Casa dos Músicos tem como objetivo acomodar os diversos profissionais ligados aos projetos musicais e festivais que ocorrem no decorrer do ano, uma vez que estes profissionais em todos os eventos requerem à Prefeitura de Ourinhos arcar com diversas diárias de hotéis na cidade.

O local é gerenciado pela Secretaria de Cultura que possui uma lista de presença dos músicos que frequentam e se hospedam na casa durante o período locado. A casa possui três quartos, três banheiros, sala, cozinha e garagem e acomoda cerca de 10 artistas por semana.

Entre os músicos que já se hospedaram na Casa estão Toninho Ferragutti, que se apresentou no 17º Festival de Música, em julho do ano passado; Esdras Rodrigues e João Paulo Ramos Barbosa que realizaram curso de capacitação de professores, em janeiro deste ano. Apesar do nome, a Casa tem como objetivo acomodar profissionais ligados a mais diversas formas de cultura, como teatro, literatura, etc.