Câmara devolve mais de R$ 1,5 milhão do duodécimo para a PMO


Responsabilidade com o dinheiro público. Essa foi a grande marca do primeiro ano do vereador Alexandre Araújo Dauage, “Alexandre Zoio”, como Presidente da Câmara Municipal de Ourinhos.

O resultado foi a devolução de mais de R$1,5 milhão do duodécimo para a Prefeitura, valor que, segundo Alexandre, será em grande parte destinado a realização de cirurgias eletivas.  “Assim que assumi a presidência, estabeleci três grandes prioridades: economia, capacitação dos servidores e ampliação dos canais de comunicação entre o Poder Legislativo e a população. Tivemos muita responsabilidade, o que resultou em ações importantes executadas e ótimos índices alcançados”, disse.

O Presidente contou que durante o ano passado, algumas antecipações da devolução do duodécimo foram feitas e muitos ourinhenses já realizaram as operações. “Em reunião com o Prefeito Lucas Pocay, foi decidido que grande parte desse recurso seria empregado nas cirurgias eletivas. A população não aguentava mais esperar, são anos de sofrimento e tenho certeza que as pessoas que já realizaram as operações ganharam mais qualidade de vida e outras, terão agora, a esperança de acabar com seu sofrimento”, ressaltou Alexandre.

Redução de salários de cargos de confiança

Para chegar nesse expressivo valor de devolução, diversas medidas foram tomadas pelo Presidente e uma das primeiras foi a redução do salário de cargos de confiança. “Logo no início do ano, houve redução de salário de cargos de confiança e também extinção de algumas funções, o que gerou uma economia mais de R$322 mil de gastos com pessoal. Além disso, todos os contratos de prestação de serviços foram revistos, com o objetivo de diminuir o valor pago. Por exemplo, serviço de hospedagem de site houve 20% de redução, locação de computadores 26%, acompanhamento de processos também 26% e locação de infraestrutura para disponibilização de canal de vídeo através de fibra ótica,10% do valor.”.

Nova forma de administrar a Câmara

O choque de gestão chegou até mesmo no gasto com folhas de papel sulfite. “Potencializamos o uso do sistema informatizado dos processos legislativo e conseguimos economizar 5 mil folhas de papel sulfite. Também implantamos medidas de controle de gastos, o que fez com que contas de luz, internet, vigilância e telefone fossem diminuídas e o resultado foi R$ 50 mil de economia”, destacou Alexandre.

A nova forma de administrar o Poder Legislativo ultrapassou a questão econômica. A qualificação dos servidores também foi meta cumprida e, ao longo do ano, diversos cursos foram oferecidos para os funcionários da Câmara. “Trabalhamos até mesmo com palestras do SEBRAE exclusiva para os servidores. Outro grande sucesso foi o curso de LIBRAS. Gostaria muito de agradecer o trabalho realizado pelos funcionários, eles nos dão um apoio sem igual e o sucesso das ações que tivemos em 2017, com certeza, é graças a essa dedicação”.

Outro destaque foi a preocupação em aproximar a Câmara Municipal da população. “Diversos eventos culturais aconteceram durante todo o ano. Foram lançamentos de livros, exposições e saraus, que trouxeram para a Câmara uma nova proposta de ser um espaço para as artes”, contou.

Alexandre também elegeu a ampliação do atendimento da Ouvidoria como um grande avanço. “Agora temos um número exclusivo para atendimento via Whatsapp. Não posso deixar de falar sobre a questão da transparência e a mais recente ação foi o lançamento do novo site, que ficou muito mais moderno e dinâmico, para que as informações fiquem ainda mais de fácil acesso”, finalizou.

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »