PM Ambiental constata animais em situação de maus tratos em Tupã


No último domingo, dia 24 de dezembro, policiais militares do 2o Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na Base Operacional do Município de Tupã, em atendimento à denúncia pelo bairro Afonso XIII, constataram a existência de 17 (dezessete) galos domésticos da raça “índio” mantidos em cativeiros de ferro individuais com espaço reduzido para movimentação e ambiente estressante. Os galos estavam com as esporas naturais serradas e barbelas e cristas parcialmente cortadas, além de vários estarem sem as penas do pescoço e do peito e ainda apresentavam ferimentos nas asas.

Diante dos fatos, foi elaborado o Auto de Infração Ambiental, no valor de R$ 51.000,00, por praticar ato de maus tratos, ferir e mutilar animais domésticos. A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial de Tupã, onde o delegado constatou e registrou o fato. O infrator responderá pelo crime ambiental, cuja pena é de detenção de três meses a um ano, e multa.



A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.