Polícia Ambiental flagra caçadores


Neste feriado, 15 de novembro, policiais militares do 2o Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na 4a Companhia de Polícia Ambiental da cidade de Marília, durante Operação Piracema pelo município de Pompéia, avistaram dois indivíduos em uma caminhonete, com cachorros na caçamba transitando pela rodovia, que ao perceberem a viatura adentraram em uma propriedade rural, com o intuito de ludibriar os policiais, porém foram abordados.

Ao serem questionados, alegaram que estavam caçando Javalis, porém sem nenhuma autorização. Foi verificado que os cachorros estavam sendo transportados na caçamba sem proteção contra intempéries, e devido ao excesso de calor estavam debilitados. Não havia água disponível e alguns deles apresentavam ferimentos pelo corpo em decorrência do ato de caça.

Diante do exposto, foram lavrados quatro Autos de Infração Ambiental, dois em cada envolvido, totalizando R$ 15.000,00, por praticar ato de caça e causar maus tratos a animais domésticos.

Os animais apreendidos foram destinados à ONG DPAM no município de Marília, ficando sob cuidados veterinários.

Os infratores responderão em liberdade por Crimes Ambientais previstos da Lei Federal 9.605/98.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »