Indivíduos são surpreendidos praticando pesca predatória no lago do Royal Park


Na última sexta-feira, dia 17 de novembro, durante Operação Piracema, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na Base Operacional de Ourinhos, durante patrulhamento pelo Lago da do Royal Park, surpreenderam dois indivíduos praticando pesca predatória com utilização de rede na modalidade arrastão. Foram apreendidos em poder dos infratores, 6kg de pescados exóticos da espécie Tilápia e uma rede de nylon de 20 metros de comprimento.

Foram elaborados dois Autos de Infração Ambiental, no valor de R$ 820,00 cada um “Por pescar mediante a utilização de petrechos não permitidos”. Os peixes, por apresentarem condições de soltura, foram reintroduzidos em seu habitat natural.

Os infratores responderão por crime ambiental previsto no artigo 34 da Lei Federal 9.605/98, o qual prevê pena detenção de um ano a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.


Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »