100 casas do Recanto dos Pássaros III serão entregues até o Natal, anuncia Lucas


A retomada do empreendimento foi concretizada após trabalho do Prefeito Lucas Pocay junto com o Deputado Federal Walter Ihoshi.

Até o final do mês de dezembro pelo menos 100 das 448 casas do residencial Recanto dos Pássaros III serão entregues pelo Prefeito Lucas Pocay aos mutuários prioritários. As obras foram retomadas há duas semanas pela empresa Construplan. A entrega de todas as residências deve ocorrer em meados do próximo ano.

As moradias foram abandonadas na gestão passada. A ação do tempo e atos de vandalismo deterioraram as unidades. A retomada do empreendimento foi concretizada após trabalho do Prefeito Lucas Pocay junto com o Deputado Federal Walter Ihoshi, que por diversas vezes estiveram em Brasília se reunir com representantes da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Ministério das Cidades.

“Estamos muito contentes com a retomada das obras. Quase 500 famílias esperam há muito tempo o momento de mudar de vida, de concretizar o sonho da casa própria para sair do aluguel. Essas famílias merecem esse presente e a dignidade de morar em uma boa casa”, diz o Prefeito Lucas Pocay.

Segundo o engenheiro civil responsável pelas obras, Henrique Moraes Ruiz, a construtora já instalou no Recanto dos Pássaros um escritório, refeitório e toda a área do canteiro de obra. Por enquanto, 15 funcionários trabalham no local. Em breve uma equipe de 60 irá reforçar o trabalho de reconstrução das casas. “Nós começamos o trabalho pela limpeza bruta das casas e acertando os canteiros. Depois, vamos entrando e mexendo dentro das casas”, explica Henrique.

O engenheiro informa que um cronograma foi desenvolvido para que algumas unidades sejam entregues até o fim do mês que vem. “Nosso trabalho está dentro do que foi pré-estabelecido. Nós nos planejamos para fazer a entrega de 112 unidades antes do Natal”, revela.

Henrique esclarece que o único empecilho do trabalho pode ser a chuva e pede a compreensão da população. “Com chuva branda, nós fazemos trabalho interno. Com chuva forte, infelizmente, não conseguimos trabalhar. Mas independente disso, estamos dentro do prazo e a população pode ficar tranquila que as casa finalmente serão entregues”, afirma.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »