Reajuste salarial: Servidores municipais recusam contraproposta do executivo


Na noite de ontem, 20 de março, foi realizada novamente uma Assembleia de apreciação da contraproposta de reajuste de salário do poder Executivo, porém, os servidores não concordaram com nenhum ponto desta.

Em contrapartida, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de Ourinhos e Região – SINSERPO saiu em defesa dos Servidores, protocolando outra vez, na manhã de hoje, 21 de março, a recusa da contraproposta pelos presentes em Assembleia, e mostrando que, como não houve qualquer valorização dos funcionários públicos, o indicativo de greve se tornou uma iminente realidade.

O SINSERPO já organizou todos os documentos necessários para a instauração do processo de greve. O presidente do Sindicato dos Servidores, Edinilson Ribeiro da Silva, afirmou que caso o poder Executivo não se manifeste sobre o ofício protocolado hoje de manhã, não resta alternativa aos Funcionários Públicos do que a greve.


Em comunicado aos Servidores Municipais, o Sindicato pede que todos fiquem atentos às informações que publicarão nos próximos dias sobre o processo de instauração da greve e a próxima Assembleia a ser realizada. É de extrema importância que os servidores se atentem apenas aos comunicados oficiais do Sindicato, quaisquer outras informações deve ser desconsiderada, principalmente aquelas disseminadas por indivíduos que não tem qualquer representatividade junto à categoria.