Com credenciamento SUS, Capitão Augusto pede a ministro aparelho de braqueoterapia


Capitão solicitou também ao ministro Ricardo Barros liberação de outros R$ 2 milhões em emendas de sua autoria para a saúde de Ourinhos e região
 
Na mesma audiência com o ministro da Saúde Ricardo Barros, dia 22 de fevereiro, quando denunciou que a Secretaria de Estado da Saúde ainda não havia enviado documento ao Ministério necessário para o credenciamento do Hospital do Câncer de Ourinhos pelo SUS, o deputado federal Capitão Augusto fez também outros pedidos para Ourinhos e região. Um deles se refere a mais recursos oriundos de suas emendas parlamentares para a saúde e outro destinado a compra e doação pelo Ministério de mais um equipamento de ponta para o Hospital do Câncer de Ourinhos.

Capitão Augusto solicitou agilidade na liberação de aproximadamente mais R$ 2 milhões em emendas de sua autoria para municípios da região de Ourinhos que tramitam no Ministério da Saúde. Até o momento, somente para a área da Saúde de Ourinhos e região, Capitão Augusto conseguiu transferir do Governo Federal mais de R$ 4 milhões, de um total de cerca de R$ 7 milhões em emendas parlamentares de sua autoria que chegaram até agora.

Capitão Augusto é o único deputado dos 513 na Câmara Federal que concentra suas emendas numa mesma região, já que sua base eleitoral se fundamenta na categoria dos policiais militares, os quais não reivindicam recursos, mas sim projetos e políticas que melhorem suas condições de trabalho. “Os recursos de minhas emendas procuro direcionar quase todos eles para a região de Ourinhos”, não cansa de afirmar o deputado.

BRAQUEO - A pedido do diretor do Hospital do Câncer de Ourinhos, Norberto Paes, Capitão Augusto também reivindicou do ministro Ricardo Barros um aparelho de braqueoterapia. Trata-se de uma forma de radioterapia que coloca uma fonte de radiação diretamente no ponto do órgão interno do paciente que necessita do tratamento. Poucos hospitais no Brasil possuem esse recurso, de acordo com o diretor do HCO. “Esse pedido é para que o próprio Ministério adquira esse equipamento e doe ao nosso Hospital do Câncer”, explica o deputado. A meta do hospital e do deputado, a partir do credenciamento SUS, é fortalecer o HCO com equipamentos de última geração para que Ourinhos se torne referência nacional no tratamento do Câncer.

PRIORIDADE - O apoio à Santa Casa por parte do Capitão Augusto se iniciou mesmo antes de sua posse como deputado federal. Várias emendas foram enviadas ao hospital cujos recursos têm sido investidos em diversos setores, como na compra dos aparelhos e materiais que equiparam as novas salas de cirurgia da Santa Casa, além de outros setores importantes, como o de pediatria. O último recurso de emenda impositiva do deputado está sendo investido pela Santa Casa na realização de 200 cirurgias eletivas, o que reduzirá em um terço a fila de espera nessa área. De 18 de janeiro até 3 de março, 67 pessoas já haviam sido beneficiadas com as cirurgias. O cronograma de agendamento deve se estender, aproximadamente, até o mês de maio, estima-se.

Especificamente para o Hospital do Câncer, Capitão Augusto deu solução também a um grave problema que impedia o atendimento através de radioterapia. A Santa Casa havia importado uma máquina no valor de R$ 5 milhões dos Estados Unidos que estava retida no porto devido a dificuldades nos desembaraços alfandegários. A previsão e o temor da Santa Casa era de que o aparelho demorasse mais de 6 meses para chegar a Ourinhos. Poucos dias de intervenção do Capitão Augusto nos órgãos federais bastaram para que o equipamento fosse liberado e pudesse, desde agosto do ano passado, começar a atender os pacientes. “Com o credenciamento do SUS, agora será possível que esse moderno aparelho fique à disposição também dos pacientes que não podem pagar ou não possuem convênio médico”, comemora Capitão Augusto.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »