Secretaria de Obras inicia limpeza em bocas de lobo




Além do recapeamento asfáltico, operação tapa buraco, reperfilamento e outras ações de manutenção, a Secretaria de Obras também iniciou a limpeza de bueiros. O lixo acumulado em tubulações pode causar inundações em dias de forte chuva. Na primeira fase serão limpas as bocas de lobo em pontos críticos na cidade localizadas no Jardim Itajubi, Vila São Luís, região central e no Santos Dumont.
 

De acordo com o secretário de Obras Inácio J.B. Filho, a limpeza está sendo realizada de acordo com a demanda, dando prioridade para os pontos críticos. “Nós estamos seguindo os pedidos e reclamações da população, porém seguindo um cronograma feito com prioridade para os pontos mais críticos”, frisa.
 

Inácio ressalta que a população pode ajudar entrando em contato com a Secretaria de Obras para solicitar a limpeza dos bueiros de seus bairros. “O alagamento acontece porque há muita sujeira obstruindo o caminho que a água faz. A situação fica um pouco mais crítica devido ao fato das tubulações terem um tamanho menor do que o que deveria, pois são antigas e essas tubulações não foram trocadas. Somada a sujeira, o resultado é esse. Fazendo a limpeza, desobstruímos a passagem da água e evitamos os pontos de alagamento”, explica. “É um trabalho de solução imediata já que estamos em época de chuvas rápidas e também de prevenção”, termina.



Além do recapeamento asfáltico, operação tapa buraco, reperfilamento e outras ações de manutenção, a Secretaria de Obras também iniciou a limpeza de bueiros. O lixo acumulado em tubulações pode causar inundações em dias de forte chuva. Na primeira fase serão limpas as bocas de lobo em pontos críticos na cidade localizadas no Jardim Itajubi, Vila São Luís, região central e no Santos Dumont.
 

De acordo com o secretário de Obras Inácio J.B. Filho, a limpeza está sendo realizada de acordo com a demanda, dando prioridade para os pontos críticos. “Nós estamos seguindo os pedidos e reclamações da população, porém seguindo um cronograma feito com prioridade para os pontos mais críticos”, frisa.
 

Inácio ressalta que a população pode ajudar entrando em contato com a Secretaria de Obras para solicitar a limpeza dos bueiros de seus bairros. “O alagamento acontece porque há muita sujeira obstruindo o caminho que a água faz. A situação fica um pouco mais crítica devido ao fato das tubulações terem um tamanho menor do que o que deveria, pois são antigas e essas tubulações não foram trocadas. Somada a sujeira, o resultado é esse. Fazendo a limpeza, desobstruímos a passagem da água e evitamos os pontos de alagamento”, explica. “É um trabalho de solução imediata já que estamos em época de chuvas rápidas e também de prevenção”, termina.

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »