Resultado de exame de sangue pronto no mesmo dia? Mas isso é particular ou SUS?



Fomos procurar saber mais a respeito das mudanças que o prefeito Lucas Pocay iniciou na saúde em Ourinhos ao assumir seu mandato. Algumas chamaram a atenção. Uma delas foi que os usuários do serviço público de saúde da cidade agora contam com maior rapidez na realização e entrega dos resultados dos exames de sangue. O serviço passou a ser realizados pelo Laboratório Ourilab.

Como já havia sido divulgado pela imprensa o laboratório Regional de Ourinhos teve suas atividades encerradas. A medida foi tomada pela nova Secretária de Saúde, Cássia Palhas, por solicitação do prefeito Lucas Pocay. Ações parecidas também já aconteceram em outras cidades da região.

Anteriormente localizado no Postão, o serviço tinha reclamações de demora na entrega dos resultados e até de confiabilidade junto ao corpo médico, além de um alto custo operacional.  Para atender com qualidade a demanda de Ourinhos, o laboratório Ourilab já tem um pregão, onde atendia grande percentual dos exames provenientes da rede pública. Agora a Ourilab passou a realizar todos os exames, inclusive os mais simples, como Colesterol, Triglicerídeos, Glicose, Ácido Úrico, Cálcio, TGO, TGP, Gama GT, Sódio, Potássio, Ureia, Creatinina, Hemograma, entre outros, que eram antes realizados pelo Laboratório Regional de Ourinhos.

Agora a retirada das amostras é feita nas unidades de saúde pela manhã, iniciando, após a chegada do material, todo processo em sua área técnica. Com isso os resultados ficam prontos no mesmo dia, inclusive os exames de hormônios com TSH, T4, T4 Livre, PSA, Prolactina Vitamina B12, Ferritina, Tireoglobulina, TPO, CEA, Cortisol, Hemoglobina Glicada, Urina, entre muitos outros.  No final do dia, ou no dia seguinte pela manhã, o paciente já pode procurar a unidade de saúde onde foi atendido para retirar seu resultado. Alguns de exames por necessitarem de uma preparação maior para sua realização levam um pouco mais de tempo.

Com isso o paciente já consegue dar continuidade ao seu tratamento, evitando assim que a doença progrida causando danos maiores. Além do tratamento se tornar menos oneroso aos cofres públicos.  Fomos saber quanto esta melhoria está custando. O que chamou a atenção foi que fechando o laboratório central e terceirizando o serviço, mesmo tendo a Ourilab uma estrutura gigantesca de alta tecnologia e complexidade, a Prefeitura ainda pode ter uma economia de R$ 36 mil mensais. Ou seja, com a terceirização além do custo ser menor, se tem um exame de qualidade e com rapidez.

Para esta terceirização já existe um pregão a preço de SUS e ainda terá a economia? Mas porque nunca ninguém teve coragem de fazer isso? Essa resposta não conseguimos. Em conversa com alguns vereadores todos foram unânimes em dizer que aprovam esta medida. Mesmo vereadores da oposição, que nos informaram já vinham pedindo essa mudança há muito tempo através de ofícios, nunca foram atendidos.

Por enquanto uma parte dos pacientes que realizarem a coleta de material no Postão (CSI) ainda não serão atendidos pelo Laboratório Ourilab, demorando um pouco mais para receberem os resultados, pois o laboratório do Postão ainda dispõe de alguns kits para exames. Assim que acabarem os materiais em estoque o laboratório será fechado e os funcionários que ainda não foram remanejados, serão redistribuídos para outros setores.

Em conversa com o Sr. Edvan Gonzaga, gerente comercial da Ourilab, foi confirmado que essa nova modalidade, além de uma economia para os cofres públicos, também disponibilizará os resultados rapidamente, o que melhora para o paciente e médicos, que já estão notando a diferença e elogiando muito. "Em breve estaremos disponibilizando o nosso sistema em todas as unidades de saúde. Nessa semana já terá início na COHAB. Os pacientes na hora da coleta serão cadastrados no sistema. Serão impressas as etiquetas de códigos de barras com o nome do paciente e os tubos que serão utilizados, evitando qualquer possibilidade de troca de amostras, e ainda reduzindo drasticamente a solicitação de novas amostras. Além disso, ficamos responsáveis em dar um treinamento nas unidades para melhorar ainda mais o atendimento onde for necessário. Ainda temos outras novidades por vir, mas toda mudança tem que ser realizada com cautela, pois prezamos pela qualidade de nossos exames. Já atendemos o AME de Ourinhos e a maioria das cidades vizinhas. Algumas cidades da região também optaram em fechar o laboratório regional, acredito que em pouco tempo, Ourinhos será referência para outras cidades", explicou.







Fomos procurar saber mais a respeito das mudanças que o prefeito Lucas Pocay iniciou na saúde em Ourinhos ao assumir seu mandato. Algumas chamaram a atenção. Uma delas foi que os usuários do serviço público de saúde da cidade agora contam com maior rapidez na realização e entrega dos resultados dos exames de sangue. O serviço passou a ser realizados pelo Laboratório Ourilab.

 

Como já havia sido divulgado pela imprensa o laboratório Regional de Ourinhos teve suas atividades encerradas. A medida foi tomada pela nova Secretária de Saúde, Cássia Palhas, por solicitação do prefeito Lucas Pocay. Ações parecidas também já aconteceram em outras cidades da região.


Anteriormente localizado no Postão, o serviço tinha reclamações de demora na entrega dos resultados e até de confiabilidade junto ao corpo médico, além de um alto custo operacional.  Para atender com qualidade a demanda de Ourinhos, o laboratório Ourilab já tem um pregão, onde atendia grande percentual dos exames provenientes da rede pública. Agora a Ourilab passou a realizar todos os exames, inclusive os mais simples, como Colesterol, Triglicerídeos, Glicose, Ácido Úrico, Cálcio, TGO, TGP, Gama GT, Sódio, Potássio, Ureia, Creatinina, Hemograma, entre outros, que eram antes realizados pelo Laboratório Regional de Ourinhos.

 

Agora a retirada das amostras é feita nas unidades de saúde pela manhã, iniciando, após a chegada do material, todo processo em sua área técnica. Com isso os resultados ficam prontos no mesmo dia, inclusive os exames de hormônios com TSH, T4, T4 Livre, PSA, Prolactina Vitamina B12, Ferritina, Tireoglobulina, TPO, CEA, Cortisol, Hemoglobina Glicada, Urina, entre muitos outros.  No final do dia, ou no dia seguinte pela manhã, o paciente já pode procurar a unidade de saúde onde foi atendido para retirar seu resultado. Alguns de exames por necessitarem de uma preparação maior para sua realização levam um pouco mais de tempo.


Com isso o paciente já consegue dar continuidade ao seu tratamento, evitando assim que a doença progrida causando danos maiores. Além do tratamento se tornar menos oneroso aos cofres públicos.  Fomos saber quanto esta melhoria está custando. O que chamou a atenção foi que fechando o laboratório central e terceirizando o serviço, mesmo tendo a Ourilab uma estrutura gigantesca de alta tecnologia e complexidade, a Prefeitura ainda pode ter uma economia de R$ 36 mil mensais. Ou seja, com a terceirização além do custo ser menor, se tem um exame de qualidade e com rapidez.

 

Para esta terceirização já existe um pregão a preço de SUS e ainda terá a economia? Mas porque nunca ninguém teve coragem de fazer isso? Essa resposta não conseguimos. Em conversa com alguns vereadores todos foram unânimes em dizer que aprovam esta medida. Mesmo vereadores da oposição, que nos informaram já vinham pedindo essa mudança há muito tempo através de ofícios, nunca foram atendidos.

 

Por enquanto uma parte dos pacientes que realizarem a coleta de material no Postão (CSI) ainda não serão atendidos pelo Laboratório Ourilab, demorando um pouco mais para receberem os resultados, pois o laboratório do Postão ainda dispõe de alguns kits para exames. Assim que acabarem os materiais em estoque o laboratório será fechado e os funcionários que ainda não foram remanejados, serão redistribuídos para outros setores.

 

Em conversa com o Sr. Edvan Gonzaga, gerente comercial da Ourilab, foi confirmado que essa nova modalidade, além de uma economia para os cofres públicos, também disponibilizará os resultados rapidamente, o que melhora para o paciente e médicos, que já estão notando a diferença e elogiando muito. "Em breve estaremos disponibilizando o nosso sistema em todas as unidades de saúde. Nessa semana já terá início na COHAB. Os pacientes na hora da coleta serão cadastrados no sistema. Serão impressas as etiquetas de códigos de barras com o nome do paciente e os tubos que serão utilizados, evitando qualquer possibilidade de troca de amostras, e ainda reduzindo drasticamente a solicitação de novas amostras. Além disso, ficamos responsáveis em dar um treinamento nas unidades para melhorar ainda mais o atendimento onde for necessário. Ainda temos outras novidades por vir, mas toda mudança tem que ser realizada com cautela, pois prezamos pela qualidade de nossos exames. Já atendemos o AME de Ourinhos e a maioria das cidades vizinhas. Algumas cidades da região também optaram em fechar o laboratório regional, acredito que em pouco tempo, Ourinhos será referência para outras cidades", explicou.

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »