Acompanhados de Capitão Augusto, Alckmin e Richa assinam protocolo do Projeto Angra Doce

Os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Beto Richa (PR) sobrevoaram a área do projeto. Foto: Deputado Capitão Augusto


Foi assinado nesta sexta-feira, 3 de fevereiro, o protocolo de intenções entre São Paulo e Paraná para o desenvolvimento do conjunto do “Projeto Angra Doce”, polo turístico na Bacia do rio Paranapanema, na divisa entre os dois estados. Os governadores Geraldo Alckmin e Beto Richa desembarcaram no aeroporto de Ourinhos (SP) e foram recebidos pelo deputado Federal Capitão Augusto Rosa. Em seguida se dirigiram para o município paranaense de Ribeirão Claro, onde assinaram o documento.

A data será um divisor de águas para o Projeto Angra Doce e as dezenas de cidades que anseiam por mais investimentos por parte dos governos estaduais. A partir do projeto de lei federal do deputado ourinhense, um grande movimento de várias frentes vem se avolumando em prol do desenvolvimento socioeconômico regional com base no turismo.




O projeto conta com a parceria do Programa Cidades do Pacto Global das Nações Unidas e visa explorar o potencial turístico e estimular o desenvolvimento sustentável da região denominada de Angra Doce, que engloba cinco municípios paranaenses e dez paulistas.





 

Os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Beto Richa (PR) sobrevoaram a área do projeto. Foto: Deputado Capitão Augusto


Foi assinado nesta sexta-feira, 3 de fevereiro, o protocolo de intenções entre São Paulo e Paraná para o desenvolvimento do conjunto do “Projeto Angra Doce”, polo turístico na Bacia do rio Paranapanema, na divisa entre os dois estados. Os governadores Geraldo Alckmin e Beto Richa desembarcaram no aeroporto de Ourinhos (SP) e foram recebidos pelo deputado Federal Capitão Augusto Rosa. Em seguida se dirigiram para o município paranaense de Ribeirão Claro, onde assinaram o documento.



A data será um divisor de águas para o Projeto Angra Doce e as dezenas de cidades que anseiam por mais investimentos por parte dos governos estaduais. A partir do projeto de lei federal do deputado ourinhense, um grande movimento de várias frentes vem se avolumando em prol do desenvolvimento socioeconômico regional com base no turismo.


O projeto conta com a parceria do Programa Cidades do Pacto Global das Nações Unidas e visa explorar o potencial turístico e estimular o desenvolvimento sustentável da região denominada de Angra Doce, que engloba cinco municípios paranaenses e dez paulistas.




Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »