Registro de candidatura de Toshio é DEFERIDO por unanimidade no TRE

Decisão aconteceu nesta sexta-feira, 7 de outubro, e ratifica o discurso do candidato durante a campanha


A desembargadora do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE), Marli Ferreira, julgou nesta sexta-feira, 7 de outubro, recurso sobre a improcedência do indeferimento do registro da candidatura de Toshio Misato (PSDB), candidato a prefeito de Ourinhos em 2016. O relatório que acolheu o recurso foi aprovado por unanimidade pelos magistrados do tribunal. A decisão suspendeu a causa da ineligibilidade e o indeferimento do registro de candidatura de Misato. Participaram do julgamento os desembargadores Mário Deviene Ferraz e Cauduro Padin, os juízes Silmar Fernandes, Cláudia Lúcia Fonseca Fanucchi e L. G. Costa Wagner. 

Toshio disputou as eleições em Ourinhos apto a receber votos, entretanto durante boa parte da campanha eleitoral constou no sistema online do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que estava inelegível com recurso, fato muito explorado por outros candidatos para confundir a opinião popular. Em nota, o ex-prefeito condenou a atitude de seus adversários:

A VERDADE
Em toda minha vida pública sempre agi com muita transparência e idoneidade. A campanha terminou, mas não poderia deixar de comunicar aos nossos eleitores uma questão muito importante. Como mencionamos durante o período eleitoral, fomos insistentemente atacados com uma enxurrada de mentiras de nossos adversários, que não tiveram nenhum escrúpulo e realizaram a campanha mais suja que Ourinhos já vivenciou. Mesmo depois do Tribunal de Justiça ter cancelado a sessão da câmara que rejeitou com uma armação política as contas de 2012, os adversários insistiram na tese de que estávamos inelegíveis e que nossos votos não seriam computados. Aliás, até mesmo depois da eleição continuam mentindo para o povo. A Justiça mais uma vez desmoronou essa farsa. O TRE em decisão unânime SUSPENDEU A INELEGIBILIDADE e o INDEFERIMENTO DE NOSSO REGISTRO. Não fomos surpreendidos hoje por essa decisão, pois já sabíamos que seria assim e, por isso, sempre afirmamos que não tínhamos nenhum problema com registro, nem com nossos votos. Sim, a campanha já acabou. Mas, a VERDADE SEMPRE PREVALECE. Um forte abraço!







Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »