Oncologia, leitos de UTI e Centro do AVC: PMO, Santa Casa e Capitão Augusto anunciam conquistas para saúde de Ourinhos

Share:
Reunião aconteceu na sala de reuniões do gabinete da Prefeita
Em entrevista coletiva no Gabinete da Prefeitura Municipal realizada nesta sexta-feira dia 28 de outubro, a Prefeita Belkis, o Secretário Municipal de Saúde André Mello, o Deputado Federal Capitão Augusto e a Diretoria da Santa Casa representada por Celso Zanuto, anunciaram grandes e importantes conquistas na área de saúde de Ourinhos.

Embora todas sejam grandes conquistas, inegavelmente a mais importante foi a comunicação da chegada à fase final do procedimento para o credenciamento dos Serviços de Alta Complexidade em Oncologia – UNACON, o que possibilitará a partir de janeiro a oferta de serviços de cirurgia, clínica e ambulatório oncológico, bem como radioterapia e quimioterapia.


Belkis Fernandes
A Prefeita Belkis enfatizou o trabalho técnico e político realizado que garantirá os serviços a partir de janeiro. “Foram anos de árduo trabalho de nossa equipe técnica da saúde comandada pelo Secretário André Mello, em conjunto com o Celso Zanuto e toda a Diretoria da Santa Casa, bem como contou com o primordial apoio do Deputado Federal Capitão Augusto nas horas decisivas de forma a possibilitar a comprovação ao Ministério da Saúde a viabilidade técnica e profissional para os serviços serem prestados em Ourinhos. É a realização de um grande sonho em prol de nosso povo”.

"Hoje é um dia de muita alegria, estamos em um momento histórico no município na área de saúde, já com tantos avanços e muitas conquistas. Mas não dá para falar de conquistas sem falar nas lutas com trabalho intenso de muitos anos. Nós estamos terminando um ciclo onde nos foi dado a oportunidade de estar a frente da gestão desta cidade e com todas as lutas e dificuldades podemos dizer que valeu a pena", completou Belkis.

Dep. Capitão Augusto
"Esta é uma conquista histórica para toda a nossa região, algo desejado há muitos anos e nós sabíamos da dificuldade que encontraríamos, pois não havia mais espaço para credenciamento junto a rede SUS (Serviço Único de Saúde) de mais um hospital do câncer na nossa região. Foram várias etapas, a primeira foi a importação dos equipamentos para quimioterapia e radioterapia, o qual passou pela aprovação do Conselho Nacional de Energia Nuclear, sediado no Rio de Janeiro. Tive um trabalho muito grande lá em Brasília para intermediar esta liberação que é extremamente complexa, burocrática e geralmente leva anos para acontecer. Mas nós conseguimos agilizar e trazer estes equipamentos para o Hospital do Câncer que já estão funcionando e dando atendimento aos convênios e particulares. A etapa seguinte era então fazermos este credenciamento junto ao SUS. Tivemos três reuniões com o Secretário de Estadual de Saúde, quatro reuniões com o Ministro da Saúde em Brasília, com o ministro anterior e o atual. Conseguimos demonstrar para eles que nós temos plena capacidade de proporcionar atendimento através de nosso hospital. Uma equipe do governo federal veio a Ourinhos, os técnicos fizeram uma avaliação, gostaram muito do que viram e relataram favoravelmente ao credenciamento de nosso hospital. Este relatório foi para a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Estive em São Paulo na segunda-feira passada juntamente com a prefeita Belkis, o Celso Zanuto e o pessoal da Santa Casa, e conversei com governador, com o chefe da Casa Civil, Samuel Moreira, e o Secretário de Saúde para posicioná-los a respeito. Eles endossaram o relatório do Ministério da Saúde que retorna para Brasília. Então com certeza absoluta nos próximos dias nós teremos uma satisfação muito grande de assinar o convênio do credenciamento do Hospital do Câncer "Dr. Monzilo" junto a rede SUS", declarou o deputado federal Capitão Augusto Rosa.

"Gostaria de parabenizar o deputado Capitão Augusto e também todos os vereadores por apoiarem esta conquista que é fundamental para toda a região. Certamente irá desonerar os bolsos dos munícipes, pois não precisarão mais viajar. Além disso, ganharão tempo para ficar com suas família, pois farão o tratamento em nossa cidade", destacou Roberto Tasca, presidente da Câmara Municipal de Ourinhos.
 

Celso Zanuto
O Hospital do Câncer "Dr. Monzilo" compõe a Santa Casa. "Nestes dez anos que estamos a frente da Santa Casa realizamos investimentos também sonhando com este credenciamento. Chegaria um momento em que teríamos que provar que possuímos capacidade técnica, operacional e organizacional para podermos atender as exigências do Ministério de Saúde. Eles realizaram uma auditoria e constataram que nós temos capacidade para atender os pacientes que realizaram tratamento de câncer pelo SUS, capacidade que ninguém mais tem na região", lembrou Celso Zanuto, presidente da Santa Casa de Ourinhos.


Dr. Norberto
"Nós já estamos com a equipe formada. Temos técnicos e médicos preparados para atender pacientes de Ourinhos e região, onde nosso compromisso será cuidar dessa demanda da melhor forma possível com muita qualidade e principalmente humanidade", destacou Dr. Norberto S. Paes, especialista em oncoradioterapia e responsável pelo Hospital do Câncer Dr. Monzilo. 

Edvan Gonzaga, presidente da Recco (Rede de Combate ao Câncer de Ourinhos) comemorou. "Atualmente temos cadastrados cerca de oitocentos pacientes, sendo que algo em torno de trezentos utilizam a rede de combate ao câncer, através de alimentação, remédios e/ou suplementos alimentares. As viagens que eles precisam fazer para receberem tratamento são desgastantes. A Prefeitura cede ônibus e o atendimento do Amaral Carvalho é muito bom, entretanto a viagem é longa e cansativa. O paciente sai da rodoviária as três da manhã,  chega em Jaú as seis horas, o ônibus vai cheio e até todos serem atendidos lá se foi o dia todo. Como lá não tem um lugar apropriado para aguardarem eles sofrem com este tempo de espera, pois a maioria tem reações comuns ao tratamento. Com o credenciamento da oncologia aqui em Ourinhos eles receberão o tratamento e voltarão para casa".

Dr. André Mello
O Secretário de Saúde André enalteceu o trabalho de todos os envolvidos neste processo. “Quero enfatizar o trabalho técnico realizado por nossos colaboradores da Secretaria de Saúde, aqui hoje representados pelo Rogério Faber e pela Ellen Kiliam, bem como todos os nossos colegas gestores de saúde da região, que de forma ética e profissional nos apoiam nesta luta. Agradeço imensamente a confiança depositada em mim pela Prefeita Belkis, que fez com que fizemos esse grande trabalho que revolucionou a saúde em Ourinhos, com um aparelhamento jamais visto no Brasil em uma cidade com pouco mais de 100.000 habitantes. Ressalto também o importante trabalho da Santa Casa e de todos seus colaboradores, nas pessoas do Celso Zanuto, Fernando Abreu, Norma e Doutor Norberto e todos os demais que não mediram esforços para viabilizar este projeto.  E ao nosso Deputado Federal Capitão Augusto, figura essencial que possibilitou que nossa voz fosse ouvida no Ministério da Saúde.”

O relatório do Ministério da Saúde apontou a viabilidade e aptidão para a instalação do UNACON na Santa Casa de Ourinhos, sendo já comunicado pela Secretária de Estado da Saúde ao Ministério que o plano de referencias e credenciamentos serão encaminhados nos moldes estabelecidos pelo Ministério até o final o início de dezembro para que a Portaria seja publicada, sendo certo que a partir de janeiro de 2.017 os pacientes terão total atendimento na Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos.

Ainda, com o objetivo de acolher com classificação de risco e resolutividade, Ourinhos e região deram o passo definitivo para completar, sendo uma das poucas regiões do País, a organização da Rede de Urgência e Emergência (RUE) que tem a finalidade de articular e integrar todos os equipamentos de saúde com o objetivo de ampliar e qualificar o acesso humanizado e integral aos usuários em situação de urgência/emergência nos serviços de saúde, de forma ágil e oportuna. 


Previsão para atendimento de pacientes do SUS é para janeiro

Por tais motivos, a Santa Casa de Ourinhos e a Secretaria Municipal de Saúde foram contemplados com o credenciamento de 3 (três) novos serviços de atendimento nas urgências: 1. O Centro de Atendimento de Urgência Tipo I aos Pacientes com AVC; 2. Leitos da Unidade de Terapia Intensiva Coronariana – UCO; e 3. Leitos de Unidade de Cuidados Intermediário (UCI).

O Centro de Atendimento de Urgência Tipo I aos Pacientes com AVC (Centro do AVC) são estabelecimentos hospitalares que desempenham o papel de referência para atendimento aos pacientes com AVC – Acidente Vascular Cerebral, que disponibilizam e realizam o procedimento com o uso de trombolítico, conforme Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas – PCDT específicos, e contará com:

  • Atendimento de urgência vinte e quatro horas por dia, todos os dias da semana, inclusive finais de semana;
  • Exames de tomografia computadorizada de crânio nas vinte e quatro horas do dia;
  • Equipe treinada em urgência para atendimento aos pacientes com AVC, composta por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem e coordenada por neurologista com, título de especialista em neurologia, reconhecido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) ou Conselho Regional de Medicina (CRM) ou residência médica em Neurologia reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Protocolos clínicos e assistenciais escritos;
  • Cobertura de atendimento neurológico, disponível em até trinta minutos da admissão do paciente (plantão presencial ou sobreaviso à distância ou suporte neurológico especializado por meio da telemedicina);
  • Leitos monitorados para o atendimento ao AVC agudo, com médico vinte e quatro horas por dia e equipe treinada para o atendimento, podendo ser no serviço de urgência ou Unidade de Terapia Intensiva (UTI);
  • Serviço de laboratório clínico em tempo integral;
  • Equipe neurocirúrgica vinte e quatro horas (presencial ou disponível em até duas horas); e 
  • Serviço de hemoterapia.

A Unidade de Terapia Intensiva Coronariana – UCO será dedicada ao cuidado a pacientes com síndrome coronariana aguda e dispõe de infraestrutura típica de terapia intensiva, incluindo recursos humanos qualificados, métodos diagnósticos não invasivos e invasivos e oportunidade de tratamento percutâneo e cirúrgico em caráter de urgência. No caso de Ourinhos possibilitou o credenciamento de mais 2 (dois) leitos de UTI de cardiologia para pacientes SUS.
 

E a Unidade de Cuidados Intermediários – UCI que atende recém-nascidos até o 28º dia de vida nascidos na Santa Casa e outros hospitais da região que tem indicação de cuidados semi-intensivos ou ganho de peso, quando não há disponibilidade de se efetuar Método Canguru. Contará a Santa Casa com mais 3 (três) leitos de internação SUS.