Projeto ambiental "Compensar" do Sindicam Ourinhos/Fetrabens será homologado pela Cetesb


Frota Compensar
Em Reunião com o Dirigente do Projeto de Controle de Emissão de Poluentes no Estado, Sr Jozinaldo da Federação dos Caminhoneiros, com a Diretoria do SINDICAM OURINHOS, foram esclarecidos pontos importantes para os caminhoneiros de nossa região. Segundo Jozinaldo, responsável pelo projeto no estado, prestes a homologação pela CETESB, o projeto irá contribuir para todos os caminhoneiros do estado, visto que hoje as multas por emissão de poluentes ultrapassam os R$1.500,00, o COMPENSAR surgiu para dirimir estas infrações, e que o caminhoneiro não seja ainda mais prejudicado.

O Projeto funciona da seguinte forma, o caminhoneiro filiado a entidade tem seu caminhão vistoriado por técnicos altamente treinados na Fabrica da TECNOMOTOR (que hoje fornece aparelhagem em geral de alta qualidade para aferição de veículos no mundo todo), após essa vistoria fica constatado se o caminhão esta de acordo com as leis ambientais, reguladas pela Ibama/Conama/Cetesb , se de acordo com os limites legais o caminhão não irá sofrer essas autuações e pode transitar tranquilo pelas rodovias, se constatado que o veiculo esta irregular após a inspeção, o transportador tem o tempo de resolver as questões, sem nenhuma infração e claro, nenhum prejuízo, também pode ser feito com parcerias com a iniciativa publica e privada.


Para o SINDICAM OURINHOS, o controle de emissão de poluentes é fundamental para o futuro de todos, o ar tem de ser puro, o ambiente deve ser preservado, essa luta deve ser de todos. Essa preocupação com o meio ambiente é levada a sério hoje por muitas cidades do estado, como a capital, SOROCABA e outras que já estão criando projetos para o controle de emissões. Por enquanto, visto que estamos em um mundo tecnológico, Ourinhos está atrasada neste quesito, pois ainda utilizam a 'escala de ringelmann" que é um dispositivo manual o qual não podemos confiar sua aferição da emissão de poluentes, mas estamos no caminho certo, e nossa parte estamos fazendo, comenta Junior do SINDICAM.

Com este projeto, caminhoneiros que forem autuados com esses altos valores, terão uma chance de recorrer, visto que homologado, o COMPENSAR será crucial para que esse tra
Diretores do Sindicamnsportador recorra e não pague esta alta quantia aplicada, é um projeto do bem, Comenta Jozinaldo da FETRABENS.

O Projeto já garantiu que 15.000 caminhoneiros do estado não fossem multados pela emissão de poluentes.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »