Em projeto pioneiro audiências com detentos acontecem na penitenciária de Bernardino de Campos

Penitenciária Masculina de Bernardino de Campos. Foto: JPovo


Implantada há dois anos por meio de uma parceria entre o governo do Estado de São Paulo e o governo Federal, a Penitenciária Masculina de Bernardino de Campos já faz jus ao investimento de cerca de R$ 30 milhões. Além de contar com vários projetos laborais nos quais os detentos iniciam um processo de ressocialização através do trabalho, também se destaca pela inovação em promover audiências na própria unidade prisional, ação que gera economia e segurança, visto que são dispensados deslocamentos de detentos até o Fórum de Ipaussu, evitando assim a realização de escoltas policiais.

Em entrevista recente o diretor geral da penitenciária, Gilvan Gomes de Lima Junior, informou que foi instalado o Sistema de Automação de Justiça, que é um programa de computador utilizado nos Fóruns. Desde outubro de 2015 os detentos são ouvidos na própria unidade. Gilvan também destacou que na audiência participam o juiz, a escrivã, o promotor do Ministério Público, o advogado de defesa e o réu.

A unidade, que já pode ser considerada modelo no sistema prisional, possui área total do terreno de 90.000,00 m², área construída de 10.861,95 m², moderno sistema de segurança e conta com cerca de 190 funcionários plenamente capacitados para desempenharem adequadamente suas funções.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »