Dr. Salim tece duras críticas ao que classificou como "Terrorismo Eleitoral"

Dr. Salim Mattar
Recentemente o Vereador Dr. Salim Mattar teceu duras críticas a certas estratégias utilizadas em campanhas eleitorais, ao que classificou como sendo um verdadeiro “terrorismo Eleitoral”, enfatizando o lado danoso dessas práticas, que segundo o edil, servem apenas para gerar pânico na população e distorcer a verdade. “Campanha se ganha apresentando estratégias consistentes, não na base da gritaria, do tapetão e das mentiras”.

Dr. Salim, um médico pediatra extremamente renomado, desempenha o cargo eletivo de Vereador em Ourinhos estando em seu oitavo mandato, o que aponta para a vasta experiência deste destacado cidadão. De acordo com o mesmo, os representantes da população, seja no Legislativo ou no Executivo, tem a obrigação de desempenhar seu papel com o máximo de lisura, e isso passa por um compromisso inalienável com a verdade.

Para Salim, a disseminação de inverdades com o propósito de gerar insegurança na população, serve apenas para abastecer de munição o que ele classificou como “terroristas do voto”, uma verdadeira “Al-Qaeda” que se posiciona na vanguarda do povo, imbuída de um falso moralismo e que cujo único objetivo seria alcançar o poder a qualquer custo.
 

De acordo com o Edil, é muito preocupante quando se observa um grupo político indo com “tanta sede ao pote”, o que aparenta até mesmo intenções muito pouco republicanas, pois quando se privilegia ataques pessoais e mentiras em detrimento do debate, o prejuízo fica com o povo, que se vê tolhido da possibilidade de discutir efetivamente políticas públicas, que em tese, seria ao que se destina de fato o período eleitoral.