PM Ambiental resgata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Ribeirão do Sul



Nesta segunda-feira, 18 de julho, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na Base Operacional de Ourinhos, em atendimento de denúncia pelo bairro Cabeceira dos Pintos, constataram duas aves das espécies Pássaro Preto e Canário-da-Terra mantidas em cativeiro sem autorização do órgão competente.

Diante disto, os policiais lavraram o Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 1 mil com base nos termos do Art. 25, parágrafo 3º, inciso III da Resolução SMA 48/14. O pássaro passou por avaliação médico veterinária, onde atestou-se apto para ser reintroduzido na natureza. O infrator responderá pelo crime ambiental de ter pássaro silvestre em cativeiro, cuja pena é de detenção de seis meses a um ano e multa.


A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »