Caminhoneiros de Ourinhos e região irão entrar em greve, alerta Sindicam

Ariovaldo de Almeida Junior, Sindicato dos Caminhoneiros

De acordo com o dirigente do Sindicato dos Caminhoneiros de Ourinhos e região o Ari Junior, as condições de trabalho para os caminhoneiros vão de mal a pior, é falta de banheiros nos lugares de espera, altos impostos, leis que não são respeitadas, a falta de compromisso é muito grande e esta na hora de dar um basta nesta situação.

O Sindicato defende que hoje no transporte de cargas há leis muito severas, mas com o custo alto e a omissão por parte de quem contrata os serviços desses transportadores, a operação de transporte hoje quem paga a conta são os caminhoneiros, que são os últimos a receber. “A ESPECULAÇÃO DAS TRANSPORTADORAS, QUE HOJE TERCEIRIZAM O FRETE É MUITO GRANDE PERANTE A ELES, NÃO PODEMOS MAIS ADMITIR QUE ISTO CONTINUE ACONTECENDO, NÃO ADIANTA ENTRARMOS COM UM BATALHÃO DE AÇÕES NA JUSTIÇA E NÃO SURTIR EFEITO, ELAS PAGAM OS DIREITOS MAS NÃO MUDAM SUA CONDUTA DE TRABALHO, PRECISAMOS DE ALGO PRA AGORA, E POR ISTO IREMOS PARALISAR PARA MOSTRAR NOSSA INDIGNAÇÃO”, relata o dirigente da entidade.

Como sabemos os caminhões são vitais para a economia, bem como para o consumo, tudo vem de caminhão, mas com a alta do óleo diesel, o frete baixo, as leis que só são respeitadas na justiça, o caminhoneiro é cruelmente penalizado e isso não podemos admitir, diz Ari Raposa, ex-presidente licenciado da entidade, que disputara uma vaga este ano na câmara municipal.

A greve ainda não tem data definida, mas irá acontecer. O Sindicato alerta para que todos se preparem, pois pode faltar bens de consumo, a indignação da categoria é muito grande, e visto pelo que soubemos através do sindicato, o basta será doloroso para todos.
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »