Jessé Ribeiro recebe troféu do Mapa Cultural Paulista 2016


O cartunista ourinhense foi premiado com o desenho animado “Álvaro”
 

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e a Organização Social Abaçaí Cultura e Arte realizou, no dia 25 de junho, na Biblioteca Parque Villa-Lobos, São Paulo, a Mostra da Fase Estadual da expressão Vídeo do Mapa Cultural Paulista, com trabalhos individuais ou coletivos, nos gêneros animação, documentário e ficção. Na ocasião, houve a entrega de troféus aos produtores e equipes dos vídeos premiados entre as 13 regiões do estado de São Paulo.
 

Foram exibidos 10 vídeos de curta metragem representantes das cidades de Presidente Venceslau, Ourinhos, Jacareí, Porto Feliz, Batatais, Penápolis, São Vicente, Bariri, Atibaia, e Santana do Parnaíba*.
 

Jessé leva o nome de Ourinhos para mais um grande evento cultural com sua segunda animação (atividade recente na carreira do cartunista nascido em Santa Cruz do Rio Pardo), começou com “Avatar”, trabalho selecionado no 7º Curta Ourinhos, em 2011. Esse é seu segundo prêmio no Mapa Cultural Paulista.  Em 2014, também foi premiado em Artes Visuais / Desenho de Humor e, dia 6 de agosto, concorre novamente na Fase Estadual da mesma categoria no Memorial da América Latina, local onde participou do 1º Salão Latino-Americano de Humor com uma caricatura de Rita Lee, no começo desse ano.
 

Jessé Ribeiro é um nome conhecido nacional e internacionalmente, como artista de humor gráfico, tem sido selecionado, e premiado, com cartuns, charges, caricaturas e quadrinhos em salões de humor de diversos países e estados do Brasil, desde 2003.  “Desenho animado é uma aspiração antiga e só nos últimos anos comecei a estudar e criar animações com mais empenho”, comenta Jessé, que tem o vídeo “Space and Chaos” no Festival do Minuto, Brasil, e no Blitzanimation International, Bulgária. Ele também abriu um canal no Youtube com o nome Jesse Ribeiro (sem acentuação).
 

Para produzir “Álvaro”, animação desenvolvida totalmente em computador desde os primeiros traços até a finalização sonorizada e editada, foram usados três programas da Adobe: Photoshop (desenhos e arte), Audition (mixagem de efeitos sonoros e músicas obtidos em websites de domínio público) e Flash (edição).  O roteiro é inspirado no livro “1984” de George Orwell e na interpretação de Jessé a respeito da atual conjuntura socioeconômica e política mundial. “A história conta o domínio de um regime totalitário global sobre os cidadãos que não passam de alvos para esse sistema”, conta o realizador.
 

A proposta original do projeto Mapa Cultural Paulista, criado em 1995, é a de promover o intercâmbio regional e o mapeamento dos produtores de cultura e de suas atividades no estado.  Essa ideia nasceu da necessidade de fomentar a produção cultural do interior, revelando valores em segmentos com pouco acesso aos meios de comunicação e, portanto, com pouca visibilidade.  Buscou-se com o projeto criar uma grande vitrine cultural que identifica, ressalta e divulga a produção cultural das diversas regiões do interior paulista.

Fonte: http://www.abacai.org.br
  
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »