Cuidados para evitar a proliferação do Ades Aegypti devem ser redobrados em períodos chuvosos



Mesmo com os casos de dengue controlados em Ourinhos, em virtude da união do poder público com a população, os cuidados para manter o mosquito Aedes Aegypti longe de circulação devem continuar, principalmente durante o período de chuvas.
 

A Prefeitura de Ourinhos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde alerta os munícipes para que vistoriem seus quintais e terrenos pelo menos uma vez na semana, durante 10 minutos. Atitudes como esta podem eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes, transmissor da dengue, da febre chikungunya e zika vírus.
 

Dados da Divisão de Vigilância Epidemiológica totalizam 80 casos de dengue no município desde o início ano até o dia 10 de maio. O número é considerado pequeno se comparado a quantidade de casos do ano passado, o que reflete nas diversas campanhas realizadas pela Prefeitura para destruir os criadouros do Aedes e eliminar todo e qualquer tipo de material que possa servir de acúmulo de água.
 

Desde o início da Campanha “Todos Contra o Aedes Aegypti”, que contou com o apoio do Exército, Ourinhos tem adotado as determinações do Governo e disponibilizado agentes de endemias para fazer vistoria nas residências durante os sábados. Ao todo, mais de 900 casas são visitadas por final de semana e recebem orientações quanto à eliminação de criadouros do mosquito da dengue.
 

De acordo com o secretário municipal de Saúde André Mello, Ourinhos assinou o Termo de Adesão de prorrogação do prazo do Programa de Incentivo aos Municípios de adesão a Campanha “Todos juntos contra o Aedes Aegypti” e os agentes ainda estarão percorrendo os bairros aos sábados durante todo o mês de maio. “Recentemente nós assinamos o Termo de prorrogação deste programa e durante todos os sábados do mês de maio continuaremos realizando vistorias domiciliares de modo a eliminar criadouros do mosquito, bem como mobilizar a população para evitar novas infestações”.
 

Com a união de esforços é possível vencer a guerra contra o mosquito!
Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »