Alunos da EMEF Jandira Lacerda participam de Mostra Brasileira de Foguetes

Share:
Imagem ilustrativa


Foi realizada nesta segunda-feira, 02, a 10ª edição da Mostra Brasileira de Foguetes, na EMEF Jandira Lacerda Zanoni. Participaram da competição nacional as salas: 401, 402, 403, 404, 501, 502, 503, 504 e 505, cujos lançamentos foram contabilizados e serão inscritos na competição da X MOBFOG – Mostra Brasileira de Foguetes, organizada pela UERJ – Rio de Janeiro.
 

O processo durou uma semana. Iniciou com a aula expositiva dos objetivos, no dia 27 de abril, onde os alunos descobriram o que motiva o homem sempre buscar novas informações e o quanto a humanidade é curiosa em entender o mundo que vivemos, além de compreender a dimensão incalculável do universo.
 

Logo após os alunos assistiram vídeos de contagens regressivas de lançamentos oficiais da NASA, entendendo o real funcionamento de um foguete. Os alunos receberam as instruções de como construiriam os foguetes e quais materiais utilizariam. Sendo marcada a data oficial para os lançamentos no dia 02 de maio.
 

Os alunos foram instruídos de como se daria o lançamento, itens como organização e cuidados necessários. O local de lançamento devia ser amplo e aberto, conforme se previa no regulamento oficial da competição, o que justificou a escolha da quadra externa próxima à escola.
 

Uma vez organizados, os alunos, em grupos (assim distribuídos), fizeram seus foguetes alçarem voos. Tiveram distâncias curtas como a 75cm, 47cm e 1,8m, entretanto ótimas marcas como o 1° lugar com a aluna Maria Laura (sala 403) distando 8 metros com seu foguete, seguido do 2º lugar com os alunos Paulo Ricardo e Vinícius (sala 404) com 7,1 metros e o 3º lugar da Júlia e José (sala 504) marcando 6,73 metros. Vale ressaltar que o foguete regular para os alunos da EMEF Jandira, é o de nível II (para alunos de 4° e 5° ano), construído com papel e garrafa apenas.
 

Antes que a atividade finalizasse, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o foguete de nível III, não sendo oficializada para a competição, mas simplesmente para concretizar os conhecimentos adquiridos nas aulas expositivas da MOBFOG. Com o gatilho, base de lançamento e com a pressão do ar, os foguetes alçaram altíssimos voos, percorrendo por toda a quadra: uma diversão!
 

Retornando a escola, na sala de aula, os alunos foram agradecidos pelo empenho e dedicação que aplicaram nas construções dos foguetes.