Advogado é brutalmente agredido no centro de Ourinhos


A vítima passou por cirurgia onde colocou duas placas de platina e 16 pinos no braço
 
Na última quinta feira 05/05/16, por voltas das 9:40, após o advogado ter deixado seu veículo para lavar próximo ao correio, o mesmo seguia a pé para seu escritório de advocacia, quando foi surpreendido por este vagabundo que desferiu uma tijolada contra a cabeça do advogado que caiu ao solo próximo ao antigo restaurante Alfaiate.


Na sequência o meliante desferiu vários chutes por todo corpo e principalmente na cabeça com a intenção de matá-lo. Com a chegada de populares que passavam pelo local o meliante saiu correndo, sendo a vítma socorrida, até o pronto socorro, onde passou por cirurgia, sendo colocado duas placas de platina e dezesseis pinos, devido as várias fraturas.

A Polícia Militar esteve no local, mas a vítima já havia sido socorrida e houve apenas relatos de populares sobre o fato ocorrido, sendo registrado na Delegacia a princípio como agressão.


Porém, no dia seguinte o meliante foi detido pela Polícia Militar e qualificado, sendo encaminhado a CPJ, onde após o meliante relatar ao Delegado que teria fumado pedras de Crack, o Delegado decidiu por ouvir o indiciado e liberá-lo. O fato vem causando revolta na população, já que este mesmo indivíduo continua agindo nas imediações do correio e já tem relatos de outras vítimas que o mesmo tem praticado tentativas de furto. 

CONFIRA NA ÍNTEGRA O RELATO DA ESPOSA DO ADVOGADO NO FACEBOOK:

UTILIDADE PÚBLICA - Por favor ajudem!!! Estamos correndo perigo!!!
Na quinta-feira (05/05/16) por volta de 9:40, meu esposo deixou o carro para lavar no lava car situado atrás do antigo restaurante Alfaiate (centro de Ourinhos). Em seguida, partiu a pé com a intenção de ir para seu escritório para mais um dia de trabalho. Quando menos, na esquina do antigo Restaurante Alfaiate com e escritório da CPFL foi surpreendido brutalmente pelas costas com uma tijolada na cabeça, por um homem que até aquele momento era desconhecido por ele. Nesse momento já veio a cair no chão com a cabeça muito ferida. Nesse mesmo instante que já se encontrava completamente machucado e indefeso, esse individuo desferiu incontáveis golpes e chutes por todo o corpo, mas principalmente em sua cabeça, com a clara intenção de tentar matá-lo. No primeiro momento teve ajuda de uma santa senhora que estava passando que começou a gritar pedindo por socorro, mas segundo seu próprio relato, a crueldades dos golpes desencorajava qualquer pessoa ajudá-lo.
Segundo testemunhas, a rua ainda estava com poucas pessoas, momento ainda mais propício para cometer o crime. Depois de pelos 15 ou 20 chutes e pontapés, o agressor pegou novamente o tijolo que estava no solo, mas por força de Deus, meu marido conseguiu se levantar tentando ir de encontro ao agressor para abafar o novo golpe com o tijolo. Segundo a testemunha que, aos gritos, presenciou toda a ocorrência, a intenção de matar ficou evidente por que após aplicar uma gravata em meu marido, o agressor agarrou em seu pescoço e batia sua cabeça no chão por várias vezes. Algum tempo depois, vários carros pararam com alarde de buzina o que fez o agressor buscar fuga. Um sr muito prestativo, o levou para o hospital completamente machucado com cortes na cabeça, machucado pelo corpo e braço quebrado.
No Hospital foi submetido a uma cirurgia para a reparação do osso do braço direito que estava muito fragmentado e com partes moídas, por tanto chutes que ele levou. Colocou uma grande placa e 16 pinos no braço. Levou pontos na cabeça, e teve todo o corpo ferido.
Quem fez isso com meu marido é esse monstro das fotos que todos os dias está no farol pedindo dinheiro. Após ter sido localizado por nossos familiares, foi levado pela PM à delegacia e solto minutos depois por que disse que não se lembrava de nada pois tinha usado 7 pedras de craques. Saiu da delegacia bem tranquilo e já foi direto para o farol pedir dinheiro novamente.
Para nossa surpresa, ouvimos na Delegacia um funcionário que dizia que acreditava tratar-se uma rixa, e não de um crime de tentativa de homicídio. Quem disse isso não tem o menor conhecimento de nossa historia de vida e nem da honestidade de nossa família. No entanto, prefere estar ao lado de bandidos como esse, enquanto estão sendo pagos por nós para defender a sociedade.
Peço para quem puder que compartilhe essa publicação, pois infelizmente estamos sendo privados de ter nosso dia a dia normal por causa desse MONSTRO que machucou meu esposo, e não desejamos que isso aconteça com mais ninguém. Entretanto, ele está solto e logo poderá aparecer uma próxima vítima que talvez não tenha mais a mesma sorte que meu esposo teve de sobreviver.
Louvo a Deus pelo livramento que meu esposo teve da morte e conto com você para ajudar divulgar a imagem desse bandido.
Deus os abençoe!!!