Polícia Militar Ambiental apreende arma de fogo, munições e pássaros nativos no município de Salto Grande


Nesta quarta-feira, dia 03 de fevereiro, durante patrulhamento ambiental rural pelo Bairro Centro, município de Salto Grande, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Ambiental, destacados na Base Operacional de Ourinhos/SP, visualizaram uma residência com gaiolas na varanda, com isso, solicitaram ao morador a entrada no imóvel para fiscalização, onde constataram 14 (quatorze) pássaros nativos mantidos em cativeiro sem a licença ambiental competente e 03 (três) espingardas dos calibres 22 e 32, cartuchos e materiais para prática de caça.

Diante do constatado foi dada voz de prisão em flagrante delito, sendo o indivíduo conduzido a Delegacia de Polícia local, onde o Delegado de Polícia Civil de plantão ratificou a prisão e elaborou boletim de ocorrência, encaminhando-o à cadeia pública de São Pedro do Turvo. Na ocasião os policiais militares ambientais elaboraram 01 (um) Auto de Infração Ambiental, por ter espécime em cativeiro sem licença ambiental, impondo ao infrator a
penalidade de multa simples no valor de R$ 20.500,00 (vinte mil quinhentos reais).


O indivíduo responderá por crime de porte irregular de arma de fogo de uso permitido, cuja pena poderá variar de um a três anos de detenção e multa, e o crime de ter espécime em cativeiro, cuja pena poderá variar de seis meses a um ano, e multa.


A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.





Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »