PM Ambiental realiza Operação e apreende pássaros em Marília, Cândido Mota, Assis, Alvinlândia e Ourinhos

Share:
Durante Operação neste final de semana, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Ambiental, destacados na 4a Companhia de Marília /SP, após atendimento de denúncias anônimas em residências nos municípios de Marília, Cândido Mota, Assis, Alvinlândia e Ourinhos, realizaram vistorias e constataram a existência de 40 (quarenta) pássaros nativos das espécies Canário da Terra, Trinca Ferro, Jandaia Coquinho, Pintassilgo, Cúrio, Coleirinhos Papa Capim e Periquitão Maracanã, sendo mantidos ilegalmente em cativeiro sem a autorização do órgão ambiental competente.


Diante do constatado, os policiais militares ambientais lavraram sete Autos de Infração Ambiental, totalizando o valor de R$ 24.700,00 (vinte e quatro mil e setecentos reais), por ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre nativa, sem autorização do órgão ambiental competente.


Os infratores poderão responder pelo crime ambiental de ter animal silvestre em
cativeiro, cuja pena é de detenção de seis meses a um ano e multa.
 

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.