Novas instalações da Biblioteca Tristão de Athayde serão inauguradas nesta sexta-feira, 05

Espaço funciona desde o ano passado mas vinha recebendo melhorias para se adequar ao conceito de “Biblioteca Viva”

A Prefeitura de Ourinhos, por meio da Secretaria de Cultura, realizará a inauguração das novas instalações da Biblioteca Municipal Tristão de Athayde nesta sexta-feira, 05. O evento está marcado para às 16 horas e o endereço é av. Rodrigues Alves, nº 141, em frente a Secretaria Municipal de Cultura (Casa dos Ingleses). 
 

De acordo com a diretora da Rede de Bibliotecas de Ourinhos, Lia Ferrer, além do novo prédio da Biblioteca, está sendo implantando um novo conceito, que ela denomina “Biblioteca Viva”. “Esse conceito é utilizado em grandes bibliotecas no mundo todo. A Biblioteca Viva se difere do padrão convencional, ela propõe uma série de atividades que integram a comunidade onde está inserida, além de oferecer o espaço para a leitura. A biblioteca passa a servir como ferramenta para facilitar a vida da comunidade”, concluiu.
 
A diretora destaca que a mudança para o novo prédio, inclusive, facilitou o desenvolvimento desse conceito, pois o local é dividido em vários ambientes que podem receber várias atividades, sem atrapalhar aqueles que buscam a biblioteca para a leitura e estudos.
 

Lia destaca que desde a mudança do prédio antigo, a biblioteca abriu suas portas no menor espaço de tempo possível, e assim, os investimentos planejados foram sendo realizados nos últimos meses. “Entre as melhorias, fizemos adaptações no novo local para garantir a acessibilidade de todos, sobretudo de idosos, crianças e pessoas com deficiência. Essa era uma grande dificuldade no prédio antigo”, concluiu Lia.
 

Segundo o secretário de Cultura Fernando Cavezale, o novo prédio traz diversas inovações mas afirma que outras virão com o tempo, já que o terreno oferece amplo espaço. “Conseguimos neste novo prédio, por exemplo, criar um espaço dedicado exclusivamente ao acervo referente ao meio ambiente”, conta. Outro aspecto importante destacado por Cavezale é que as atuais instalações brecaram um processo de degradação do imóvel que também pertence ao rol de bens remanescentes da extinta RFFSA (Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima). “A ideia é não parar de investir nesse novo espaço, criando cada vez mais atrativos para o público leitor”, disse.

Vagão

O vagão de 1.945 da extinta FEPASA que a Secretaria de Cultura de Ourinhos conseguiu junto ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), foi instalado numa das laterais frontais da nova Biblioteca Municipal "Tristão de Athayde" como um espaço de resgate da memória ferroviária. Ele se encontrava no pátio da ALL e estava sendo disputado por outros municípios do Estado. Porém, a Prefeita Belkis Fernandes, juntamente com o Secretário de Cultura, Fernando Cavezale, com o apoio do deputado estadual Ricardo Madalena e do vereador Flavinho do Açougue, obtiveram êxito no processo de permanência do vagão em Ourinhos. Uma exposição está sendo montada na Casa dos Ingleses para contar a história desse vagão que iniciou suas atividades como dormitório.
   


Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »