Rio Pardo: Apesar de enchente, servidores da SAE trabalham para abastecimento de água não ser afetado

Superintendente Haroldo, Arnaldo e Farina acompanhando o funcionamento da nova captação de água bruta

Diferente das demais cidades do interior paulista e do Paraná que estão sofrendo falta de água por conta das enchentes dos rios nos últimos dias, a Prefeitura Municipal de Ourinhos por meio da SAE - Superintendência de Água e Esgoto tem investido recursos para enfrentar essas situações.
 

Na madrugada desta quinta-feira, 14, o Rio Pardo subiu cerca de seis metros e alagou a área do Recalque 1, sendo que os servidores municipais da SAE imediatamente trabalharam para realizar a inversão dos motores colocando em funcionamento a nova captação de água bruta, planejada principalmente para atuar em ocasiões de alagamento, com bomba submersa.

Para isso, foi necessário no início da manhã de hoje, 14, paralisar as bombas do Recalque 1 ocorrendo desabastecimento temporário de água em alguns bairros, mas os ajustes já foram realizados e o problema resolvido, voltando o abastecimento à normalidade no período da tarde como esclarece o superintendente da SAE, Haroldo Adilson Maranho. “A SAE tem tomado todas as medidas possíveis para garantir o abastecimento mesmo com o Rio Pardo cheio, onde contamos com a dedicação e empenho de nossos servidores, que não mediram esforços para colocar em funcionamento a nova captação de água bruta. A população pode ficar tranquila que o abastecimento de água está sob controle, a não ser por questões temporárias de queda de energia ou rompimentos de tubulações em determinadas localidades”, conclui Haroldo.
 

Também participaram da ação desde a madrugada, o diretor de Operações Arnaldo Capelosa e o chefe da Divisão de Captação Tratamento Recalque de Água, Cláudio Marcelo Farina.

As obras

As obras da nova captação de água bruta também incluem a implantação de cerca de 600 metros da adutora com o objetivo de modernizar e interligar a adução a nova captação destinada a Torre de Chegada, que é o novo prédio para recepção de água bruta, com dispositivos de medição e regulagem de vazões, com áreas para armazenagem e dosagem de produtos químicos.


Servidores da SAE trabalhando para garantir o abastecimento de água




Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »