Policia Militar Ambiental solta pássaros nativos após apreensão no Município de Tupã



Nesta sexta-feira, dia 08 de janeiro, policiais militares do 2o Batalhão de Polícia Ambiental, destacados na Base Operacional de Tupã/SP, após atendimento de denúncia anônima realizaram vistoria em residência localizada no Bairro Jardim Santa Adélia, município de Tupã/SP, e constataram a existência de 03 (três) Canários da terra verdadeiros, 02 (dois) Tico Tico (Zonotricia capensis) e 01 (um) Tico tico rei (Coryphospingus cucullutus), que estavam sendo mantidos ilegalmente em cativeiro sem a autorização do órgão ambiental competente.

Diante do constatado, os policiais militares ambientais lavraram um Auto de Infração Ambiental penalidade multa simples R$ 3.000,00 (três mil reais), por ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre nativa, sem autorização do órgão ambiental competente. Os pássaros foram soltos na natureza e as gaiolas destruídas. O infrator poderá responder pelo crime ambiental de ter animal silvestre em cativeiro, cuja pena é de detenção de seis meses a um ano e multa.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »