Polícia Militar Ambiental constata degradação ambiental em Área de Preservação Permanente no município de Garça

 

Neste sábado, dia 09 de janeiro, no atendimento de denúncia, registrada junto ao policiamento ambiental da Polícia Militar do Estado de São Paulo, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados no 1o Pelotão de Marília /SP, durante fiscalização ambiental de rotina pelo Bairro Santo André, município de Garça/SP, constataram em uma propriedade rural a degradação de 0,088 hectares de vegetação rasteira em área de preservação permanente de nascente mediante a utilização de herbicida glifosfato, sem autorização do órgão ambiental competente.

Diante do ocorrido, foi elaborado Auto de Infração Ambiental, com a penalidade de advertência, por dificultar regeneração natural de demais formas de vegetação nativa, em área correspondente a 0,088 ha, em área de preservação permanente, sendo embargado o local objeto da autuação para futura recuperação. O infrator poderá responder por crime ambiental, cuja pena poderá variar de seis meses a um ano de detenção e multa.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »