Falta de segurança marcou a 21ª Festa do Peão de Santa Cruz do Rio Pardo e assustou a região

Além da Festa do Peão os marginais atacaram também a cidade, de onde a segurança da Festa do Peão supostamente foi retirada, comprometendo as possíveis futuras festas, no caso a 22ª Festa do Peão e subsequentes

Pelo menos sete veículos foram furtados em Santa Cruz do Rio Pardo entre o sábado (16) e o sábado (23). Um deles foi recuperado pela Polícia e os outros seis seguem desaparecidos. O numero é assustador e ultrapassa as estatísticas.

De acordo com levantamentos feitos pela equipe do Repórter na Rua, um dos associados da TV MASSIVA, os registros de furtos começaram na manhã de sábado (16), onde uma enfermeira notou falta de sua motocicleta que estava estacionada em frente a Santa Casa de Misericórdia; horas depois a Polícia encontrou a motocicleta abandonada no Bairro João Picin.


Na Segunda-feira (18) o proprietário de um veículo Fiat Strada foi até a delegacia de Polícia Civil e registrou o furto da Pick Up. As placas não foram divulgadas.

Já na quinta-feira (21) foram dois veículos. Um motocicleta de placa DPZ-4671 foi furtada na Avenida Tiradentes, e um veículo VW Gol de placas ACR- 4924 foi furtado na Avenida Coronel Clementino Gonçalves. O carro chegou a ser acompanhado por policiais da cidade de Bernardino de Campos, porém os meliantes conseguiram fugir sentido Piraju.

Na Sexta-feira (22) a Polícia Militar registrou outra ocorrência de furto de veículo. Desta vez pela Avenida Doutor Pedro Camarinha, onde os meliantes levaram uma motocicleta que estava estacionada em frente a gráfica e editora Viena.

O caso mais recente e abusado foi na madrugada deste sábado (23) no estacionamento da Festa do Peão de Santa Cruz do Rio Pardo, onde criminosos levaram dois automóveis. Segundo a Polícia, um VW Gol de placas COF-4419 (ano 90) e um VW Gol de placas CHS-6773 (ano 96) foram furtados enquanto os proprietários acompanhavam o show da dupla Pedro Paulo e Alex.

A falta de segurança e fiscalização no estacionamento oficial do rodeio preocupou os visitantes da feira santacruzense, e com razão, os fatos demonstraram a falta de cuidados tomados pela organização da Festa, não se sabe se por falta de conhecimento em organizar o evento ou pela falta de recursos para contratação de seguranças particulares o bastante para desonerar as polícias Militar e Civil para que continuassem a cuidar da cidade.

A Polícia Civil abriu inquérito e investiga os furtos que abalaram a sociedade não só de Santa Cruz como de toda região.

Os proprietários de motocicletas CG *1999 até 2005* e VW Gol *1988 até 2004* devem redobrar a atenção e precaução, pois segundo a Polícia, estes veículos estão mais vulneráveis aos criminosos.

As polícias Militar e Civil  estão em alerta para tentarem impedir que novos veículos sejam furtados, porém, depois da porta arrombada, pouco há que se fazer. O triste é a repercussão dos furtos que podem abalar as próximas festas a serem realizadas em Santa Cruz do Rio Pardo e até mesmo a 50ª FAPI - Feira Agropecuária e Industrial de Ourinhos, o que seria lamentável para todos.

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »