Campanha Contra a Tuberculose começou nesta terça-feira em Ourinhos

Em alusão ao Dia Nacional do Combate à Tuberculose, celebrado no dia 17 deste mês, o Ministério da Saúde lançou a 2ª fase da Campanha de intensificação da busca ativa de casos de tuberculose. Ourinhos aderiu às exigências e a Campanha na cidade teve início nesta terça-feira, 03.

Com o mote “testar, tratar e vencer”, a campanha tem como intuito chamar a atenção de toda a população para identificar as pessoas que estejam com tosse há 3 semanas ou mais e fazer o diagnóstico precoce.

Até o dia 16 a população poderá procurar um dos seguintes Postos para fazer o exame do escarro e detectar a doença: Centro de Saúde I de Ourinhos, UBS Vila Odilon, UBS Vila Margarida, UBS Vila São Luiz, UBS Vila Brasil, UBS Jardim Itamaraty, UBS Parque Minas Gerais, UBS CAIC - “Airton S. da Silva”, UBS Região Oeste, UBS “Dr. Hélio Migliari” – COHAB, USF Jardim São Jorge, USF Jardim Josefina, USF Parque Pacheco Chaves, USF Jardim Flórida, USF Itajubi, Núcleo Saúde Jd. Guaporé, Núcleo Saúde Jd. Matilde.

A tuberculose e sua transmissão

A tuberculose é uma doença causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outras partes do corpo, como ossos, rins e meningites.
A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa, portanto, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. A pessoa com tuberculose expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo contaminando-o. Má alimentação, falta de higiene, tabagismo, alcoolismo ou qualquer outro fator que gere baixa resistência orgânica, também favorece o estabelecimento da tuberculose.

Sintomas

Na maioria das pessoas infectadas, os sinais e sintomas mais frequentes são: tosse seca contínua no início da doença, depois tosse com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue; cansaço excessivo; febre baixa geralmente a tarde; sudorese noturna; falta de apetite; palidez; emagrecimento acentuado; rouquidão; fraqueza e prostração.

Prevenção

Para prevenir a tuberculose é necessário imunizar as crianças com a vacina BCG. Crianças soropositivas ou recém-nascidas que apresentam sinais ou sintomas de Aids não devem receber a vacina. A prevenção da tuberculose inclui evitar aglomerações, especialmente em ambientes fechados, e não utilizar objetos de pessoas contaminadas.


Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »